Homem pode virar réu ao espalhar notícia falsa sobre Covid-19

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) ofereceu denúncia contra um homem que teria criado e divulgado informações falsas relacionadas à covid-19, além de caluniar o Prefeito e a Secretária de Saúde do município de São Ludgero. 

Conforme consta na denúncia apresentada pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Braço do Norte, o homem teria divulgado, no início de abril, um áudio por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp em que afirmava falsamente que o primeiro óbito decorrente de covid-19 no município de São Ludgero teria ocorrido, na realidade, por doença cardíaca. 

O indivíduo, posteriormente identificado pela autoridade policial, informava que conhecia o paciente e que as demais mortes que estavam sendo contabilizadas como decorrentes da pandemia também tinham outras causas. Ao divulgar tais informações falsas, o denunciado provocou pânico e tumulto na população, que passou a questionar os dados referentes à doença e as medidas sanitárias adotadas pelas autoridades competentes. 

No áudio divulgado, o homem também difamou o Prefeito e a Secretária de Saúde de São Ludgero, imputando a eles a responsabilidade pela "declaração falsa" da causa da morte da vítima de covid-19. O fato colocou em dúvida a atuação dos agentes públicos, que precisaram emitir nota pública desmentindo o boato. 

A situação ainda provocou grande abalo emocional nos familiares do jovem que havia acabado de perder a vida. 

O homem foi denunciado pelos crimes de calúnia e difamação (arts. 138 e 139 do Código Penal), com penas aumentadas em um terço por serem contra funcionário público em razão de suas funções (art. 141 do CP), e, ainda, por provocar alarma, anunciando desastre ou perigo inexistente, ou praticar qualquer ato capaz de produzir pânico ou tumulto (art. 41 da Lei de Contravenções Penais). 

A denúncia do MPSC, apresentada nesta terça-feira (19/5), ainda não foi recebida pelo Poder Judiciário. Após o recebimento, o denunciado passa a ser considerado réu em ação penal

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Valendo: receitas médicas não terão mais prazo de validade

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto de lei 848/2020, que determina que receitas médicas ou odontológicas sujeitas a prescrição e de uso contínuo tenham prazo de validade indeterminado. O projeto foi originário da Câmara dos Deputados e foi aprovado no Senado no início de julho. A sanção será publicada no Diário Oficial da União de amanhã (28). As regras valem para o...
Continuar lendo...

Jogador do Brusque Futebol Clube testa positivo para Coronavirus

O Brusque FC recebeu, na noite desta quarta-feira (27), os resultados dos testes do COVID-19 realizados no período da manhã nos atletas, comissão técnica, diretoria e funcionários. Foram realizados pelo laboratório da Unimed, 47 coletas de sangue, sendo 46 negativas ao Coronavírus e 1 uma coleta positiva. Os testes rápidos para Covid-19 (método imunocromatográfico com sangue total) deu positivo para o jogador Emerson...
Continuar lendo...

FGTS: governo abrirá conta automaticamente para quem não tem

O governo publicou ontem (13) uma medida provisória (MP) que autoriza a abertura automática de poupanças digitais da Caixa Econômica Federal para que todos os trabalhadores que possuem conta no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) recebam até R$ 1.045,00 de seu saldo disponível.  A Caixa divulgou neste sábado o calendário de pagamento do saque emergencial do FGTS. A estimativa do banco é que 60 milhões de...
Continuar lendo...