(VÍDEO) Causas estão sendo apuradas e bombeiros fazem alerta

Ainda não há muitos detalhes acerca do incêndio no bambuzal que acabou movimentando o Corpo de Bombeiros e interrompendo o trânsito em parte da Rua Florianópolis, no bairro Águas Claras, na noite de ontem, terça-feira (19), em Brusque. O incêndio começou em um rancho de madeira na Rua Augusto Rudolf, mas acabou se espalhando pela vegetação, colocando em risco e imóveis nas proximidades.

O Corpo de Bombeiros utilizou mais de 2.000 litros de água para conter o fogo. A preocupação era de que as chamas acabassem se espalhando rapidamente, já que a região é formada por diversos imóveis e estabelecimentos comerciais.

Esse foi mais um incêndio em vegetação ocorrido nos últimos dias em Brusque. Diariamente, pelo menos um chamado tem sido feito aos bombeiros. A corporação faz um alerta e pede que a população evite de queimar lixo ou a própria vegetação, tendo em vista a estiagem de chuva que tem feito com que a mata fique seca.

VEJA O VÍDEO

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Mais seis casos de Covid-19 estão recuperados em Brusque

O município de Brusque contabiliza até o momento 115 casos de Covid-19, de acordo com a Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde, nesta segunda-feira (25). Destes, 58 já são considerados recuperados.  Atualmente, 25 casos estão em investigação. Um paciente continua internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outro em enfermaria. Os monitorados em casa somam 243.  A Prefeitura de Brusque lembra...
Continuar lendo...

Compras com auxílio emergencial poderão ser pagas via celular

A partir de hoje, sexta-feira (29), os beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 – R$ 1,2 mil para mães mulheres chefes de famílias – poderão pagar compras em cerca de três milhões de estabelecimentos comerciais em todo o país por meio do celular. A Caixa Econômica Federal está liberando uma atualização do aplicativo Caixa Tem que permite o pagamento por meio de código QR (uma forma mais...
Continuar lendo...

Criança catarinense desaparecida há dois anos é encontrada no Mato Grosso do Sul

A agonia de um pai que procurava pela filha desaparecida por dois anos chegou ao fim nesta sexta-feira (22). Ágatha Nunes, hoje com oito anos, sumiu da cidade de Joinville em 2018, mas foi localizada esta semana no interior do Mato Grosso do Sul. Uma verdadeira operação de resgate foi montada para trazê-la de volta a Santa Catarina. A mãe tinha sumido com a criança. Reportagem do ND Online deste sábado (23) relata que a menina havia sido levada...
Continuar lendo...