Quem recebeu Auxílio Emergencial terá nome divulgado e por município

Quem recebeu indevidamente o valor do Auxílio Emergencial terá de devolver o valor aos cofres públicos. Além disso, os nomes de todas as pessoas que receberam ou vão receber será divulgado publicamente. E por município onde reside.

A determinação é do Tribunal de Contas da União (TCU), depois que levantamento mostrou que cerca de 73 mil militares da ativa, inativos ou pensionistas fizeram o cadastro e conseguiram a liberação do dinheiro.

Ainda não há explicação clara sobre como essas pessoas conseguiram receber o dinheiro. Uma das possíveis é que tenham sido beneficiadas pela desatualização de cadastros públicos cruzados pela empresa Dataprev, que ficou responsável por averiguar cada caso e apontar quem tinha direito ou não.

O TCU determinou  que os nomes de todos os milhões de beneficiados pelo benefício tenham seus nomes publicados como forma de deixar o mais transparente possível quem são as pessoas que receberam ou receberão o recurso público.

Para tentar minimizar os efeitos da polêmica em torno do problema, o Ministério da Cidadania lançou um site para que as pessoas que receberam de forma indevida devolvam o valor aos cofres públicos. Ao entrar na página, a pessoa insere o CPF e o sistema emite a guia a ser paga em bancos ou terminais de atendimento. Com isso, o dinheiro volta aos cofres da União.

O site para a devolução do valor é o www. https://devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Mais de 500 ruas ainda não estão pavimentadas na cidade

Brusque conta com aproximadamente 500 vias não pavimentadas. Para manter as boas condições de uso, periodicamente a Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras, realiza a manutenção dessas ruas. Nos últimos 30 dias, as equipes trabalharam em 70 vias, com serviço de patrolamento, areiamento e macadamização, para garantir o conforto e segurança dos moradores e condutores de veículos. “A maioria dessas ruas...
Continuar lendo...

Laurinha pede socorro e família corre contra o tempo por sua vida

O casal Ana Paula Orsi e Evandro Batista, morador de Nova Trento, está correndo contra o tempo para salvar a filha. Ana Laura tem nove meses de vida e foi diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal (Ame), tipo 1, a mais severa. A ajuda é para arrecadar a quantia de R$ 12 milhões, valor que custa o medicamento Zolgensma, fabricado nos Estados Unidos. A descoberta da doença ocorreu em março deste ano. Ela nasceu prematura em setembro de 2019 e, desde...
Continuar lendo...

Itajaí aperta o cerco e fecha estabelecimentos na madrugada

A ação das autoridades contra o aglomero de pessoas e a abertura de estabelecimentos que se enquadram nos que estão proibidos de funcionar está cada vez mais rigorosa no litoral do estado. Cidades como Itajaí e Balneário Camboriú, por exemplo, têm realizado diligências nos finais de semana para coibir a situação. Na madrugada deste sábado (23), alguns deles foram fechados em Itajaí. Em mais uma...
Continuar lendo...