Estudo elabora coletânea de dados “Brusque em Números”

A Prefeitura de Brusque lançou na tarde de quinta-feira (14) o estudo “Brusque em Números” realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), dentro do Programa Cidade Empreendedora. O relatório reúne informações, dados estatísticos e comparativos, para oferecer um panorama socioeconômico do município. Para ler o material completo, acesse o link: sebrae.sc/mn-brusque

“É uma coletânea de dados secundários, que traz um estudo socioeconômico de muito valor para a sociedade. Ele apoia gestores públicos, formuladores de políticas públicas, entidades empresariais de classe, investidores e empresários a terem um entendimento mais adequado a respeito da cidade”, explica o consultor do Sebrae, Cleber Borba Nascimento. 

De acordo com ele, trata-se de um estudo a partir de base de dados secundários. “Trabalhamos em cima de dados oficiais do governo do estado e do governo federal. Trazemos uma série histórica e comparativa de Brusque frente aos 295 municípios de Santa Catarina. É um presente para a sociedade dividido em oito capítulos, que tratam dos aspectos gerais, sociais, aspectos gráficos, infraestrutura, economia, definição de setores estratégicos, e uma parte orientada a agropecuária. Brusque está muito bem posicionada no Estado: tem a nona economia catarinense e tem um IDH considerado alto. É um município que está bem posicionado até nacionalmente”, detalha. 

Conforme o secretário de Governo e Gestão Estratégica, William Molina, por meio do Programa Cidade Empreendedora a Administração Municipal trabalha um projeto de curto, médio e longo prazo. 

“Esse é o primeiro passo dado em relação a entrega de resultados. Trata-se de um documento que serve de instrumentalização para o planejamento de empreendedores em novos negócios no nosso município. Vivemos uma época de crise e precisamos ter uma ferramenta como esse diagnóstico à disposição para planejar um futuro melhor. Para assim, tirarmos a letra “s” da palavra crise e criarmos novas oportunidades a partir desses dados significativos, que foram coletados e ficarão à disposição da sociedade”, destaca. 

Para o vice-prefeito, Ari Vequi, desde 2019 quando o contrato do Cidade Empreendedora foi assinado com o Sebrae diversos produtos foram adquiridos e o Brusque em Números é um dos mais importantes, pois vai auxiliar no planejamento da cidade. 

“Esse estudo dá um norte para que possamos, daqui para frente, organizar o município tanto na busca dos investimentos na área pública - na saúde, na educação e no saneamento básico - como também na área privada. Os números dão destaque a nossa cidade, mas que possamos melhorar ainda mais buscando a parceria das entidades”, ressalta. 

O prefeito Jonas Paegle também enaltece o estudo e parabeniza o Sebrae e todos os envolvidos. “É um documento muito importante, que traz tudo o que Brusque tem a oferecer. Investidores de fora terão subsídios para investir aqui. Estamos com um esforço maior para auxiliar os empresários, para que eles possam seguir firme e voltem a produzir. Estão todos de parabéns”,  frisa.  


As entidades 

A presidente da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr), Rita Cassia Conti, comenta que a entidade também participa com o Poder Público do Plano Estratégico de Desenvolvimento Econômico Municipal (PEDEM) e que os dados do Brusque em Números já auxiliaram nos trabalhos. 

“Quando iniciamos o PEDEM - com os eixos metalmecânico, confecção e têxtil, inovação e construção civil - esses dados foram apresentados para nós. Sem eles a gente não conseguiria construir um pensamento lógico, positivo e realmente com foco. O Poder Público está de parabéns. Mais uma vez fico muito grata e honrada por estar aqui junto com a Prefeitura e o Sebrae nesse trabalho, que nos dá essa transparência e todos esses dados para a gente trabalhar cada vez melhor”, avalia. 

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) também parabeniza o Poder Público e equipe. “Esse trabalho realmente mostra o comprometimento desta gestão em planejar o município. E para planejar, nós precisamos de números. Esse “Município em Números” dá subsídio para o planejamento de ações para o desenvolvimento da cidade e para que possamos saber qual caminho tomar. Esse material, cuja entrega foi formalizada hoje, é um fator marcante e um anseio das entidades”, define. 

Para o presidente do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário (Sinduscon), Fernando José de Oliveira, o instrumento apresentado é de extrema importância para a entidade e seus associados. “Quem vai, por exemplo, construir um prédio já saberá de antemão se o município consome mais uma obra de alto padrão, classe média ou Minha Casa Minha Vida. Com esses números ele vai ter o cenário bem delineado, para saber o que fazer. O trabalho foi fantástico”, elogia. 

Da mesma forma, o presidente da Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr), que também é secretário de Desenvolvimento Econômico Trabalho e Renda,  Ademir José Jorge, enaltece o estudo e às possibilidades geradas por meio dele.  

“As entidades hoje receberam esse presente da Prefeitura de Brusque. Vamos agora apresentar para toda a sociedade e para os empresários como um todo, pois é um levantamento de dados muito importante, que vai nos permitir realizar estudos comparativos no período pós-pandemia. O estudo nos mostra que os números da indústria e das pequenas empresas são muito significativos para a nossa cidade. Estão todos de parabéns”, conclui.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões