Insalubridade a servidores depende de novos laudos médicos

O secretário de Saúde de Brusque, Humberto Fornari, recebeu na tarde de sexta-feira (15) a vice-presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Brusque (Sinseb), Tania Popermayer, e o assessor econômico da entidade, João Batista Medeiros. O motivo da reunião foi a reivindicação do pagamento do adicional de insalubridade para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), em consequência da pandemia de Coronavírus (Covid-19). 

De acordo com o técnico de segurança do trabalho e presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), Paulo Freitag, a solicitação dos servidores esbarra na parte técnica, pois para que seja realizado o pagamento adicional de insalubridade é necessário embasamento por meio de laudo técnico. 

“Esse laudo é emitido por engenharia de segurança do trabalho ou medicina do trabalho. Profissionais que a Prefeitura não têm no seu quadro de servidores. Por esse motivo tem que ser contratada uma empresa, por meio de uma licitação, para a emissão desses laudos. Não questionamos a posição deles no enfrentamento da Covid-19, pois respeitamos todas essas questões, mas o problema é a questão técnica, porque nós como servidor público, como dinheiro público, temos que seguir a norma, seguir a lei”, explica. 

Segundo o técnico, os laudos vigentes para a categoria até o momento são de 2014. “Esse laudo apontou o não pagamento do adicional de insalubridade. Então, agora com a mudança de algumas funções que elas realizam vai ser contratado, como foi decidido em reunião,  uma nova empresa para a emissão desses laudos e posterior aplicação do que foi decidido”, completa. 

Para o secretário, a reunião foi positiva. “Saímos daqui satisfeitos e com um norte, por exemplo a solicitação de um novo laudo através de uma empresa especializada. Será refeito todo o estudo sabendo que em 2014 foi o último estudo produzido pela municipalidade.  Não por isso ele deixou  de ter validade, muito pelo contrário, ele é o laudo vigente. Não podemos submetê-lo a nenhuma discussão, enquanto não chegar um novo laudo. Nesse momento, o sindicato saiu satisfeito. Acredito que a Tânia vai ter argumentos para debater com os agentes de saúde comunitária, assim como nós levaremos essa proposta para o gabinete do prefeito, dr Jonas Paegle e  do vice Ari Vequi”, completa

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

“O Brusque vai voltar a ser o Brusque de antes”

Otimismo. Essa é a palavra domina a fala do técnico Jerson Testoni, o Jersinho, do Brusque Futebol Clube. Em entrevista à Rádio Cidade nesta sexta-feira (15), ao programa Rádio Revista Cidade, ele falou sobre o retorno do elenco aos treinos e o futuro do futebol diante da pandemia. Para o técnico, a paralisação dos campeonatos e das atividades não deve impactar no desempenho do time em campo. O Brusque vinha em franco crescimento...
Continuar lendo...

Vítima teve corte profundo na cabeça ao sofrer queda

Um homem de 28 anos foi levado ao pronto socorro do hospital de Azambuja depois de cair e bater forte com a cabeça. Ele trafegava de bicicleta pela Estrada da Bohemia, que liga os bairros Poço Fundo e Limeira Alta, em Brusque. O acidente ocorreu por volta de 19h de ontem, terça-feira (19). De acordo com o Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, a vítima foi encontrada caída ao lado da via, consciente, mas com corte grande na cabeça....
Continuar lendo...

Mais seis casos de Covid-19 estão recuperados em Brusque

O município de Brusque contabiliza até o momento 115 casos de Covid-19, de acordo com a Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde, nesta segunda-feira (25). Destes, 58 já são considerados recuperados.  Atualmente, 25 casos estão em investigação. Um paciente continua internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outro em enfermaria. Os monitorados em casa somam 243.  A Prefeitura de Brusque lembra...
Continuar lendo...