Trabalhadores mortos no desabamento foram identificados

Wilson Buss (58) e Irineu Antonio Correia (58) foram os dois homens que morreram ontem pela manhã após a queda de três sacadas em construção em um prédio na cidade de Itapema. A obra está sendo erguida no bairro Meia Praia e o acidente ocorreu por volta de 10h30.

Wilson e Irineu eram moradores de Itapema e trabalhavam no local junto com outros 12 trabalhadores, segundo o que foi apurado pelas equipes de socorro e resgate. Na quinta-feira, uma das sacadas cedeu e levou abaixo as demais. Os dois pedreiros estavam no local e morreram soterrados.

Outras pessoas que estavam no local acabaram feridas também. O Instituo Geral de Perícias informou, ainda ontem, que a investigação sobre as causas do acidente de trabalho já estão em andamento. O inquérito deve levar algum tempo, tendo em vista o trabalho de coleta de informações e oitiva de testemunhas a serem juntadas.

Por pouco, o filho de Irineu, que também trabalhava na obra, não caiu junto. Ele ajudava os dois na retirada de vigas de sustentação, quando tudo foi abaixo.

A Defesa Civil de Itapema interditou dois lados do prédio que apresentam rachaduras. O temor é de que a estrutura esteja comprometida e possa ruir também. Todas as sacadas e marquises em construção, em um total de 12, devem ser demolidas, segundo o órgão.

Wilson era natural de São Ludgero, no Sul do estado de Santa Catarina, e Irineu de Tenente Portela, no Rio Grande do Sul.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões