Comércio de Guabiruba comemora vendas no Dia das Mães

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Guabiruba - CDL comemora as vendas obtidas pelo comércio da cidade na véspera do Dia das Mães. Entre os associados pesquisados, todos registraram aumento de faturamento. 

“Tivemos um associado inclusive que dobrou as vendas no período, em relação ao ano passado. Outro chegou a 80% das vendas de 2019. Mesmo quem não vendeu o que esperava, ou precisava, ainda assim classificou os resultados como razoáveis. Nenhum dos associados que consultamos disse que as vendas foram ruins”, detalha a gestora da CDL Guabiruba, Marilete Valquiria Lacerda. 

Para o presidente da CDL Guabiruba, Giovani Ricardo Piaz, a data não decepcionou, mesmo durante a pandemia e com todas as restrições impostas nesse momento.  

“O Dia das Mães é tido como o segundo Natal, ou seja, a segunda data mais importante para o varejo. Tínhamos a esperança do comércio local conseguir recuperar um pouco o fôlego nesta data e foi o que felizmente aconteceu. É claro, que o momento ainda é de preocupação, pois não sabemos que rumos a pandemia vai seguir, bem como, não temos como prever como a economia vai evoluir. O momento ainda pede muita cautela dos empresários”, ressalta. 

De acordo com Piaz, Guabiruba está de luto com a primeira morte por Covid-19 registrada no município. “A perda do senhor Genesio Schweigert, que era um comerciante do nosso município, é muito triste para a cidade. Ela deve servir para que todos redobrem os cuidados de prevenção com a doença. Tenho dito sempre, que o nosso associado entendeu as necessidades do momento e cumpriu todos os Decretos Estaduais. Com essa morte, precisamos nos unir ainda mais para vencermos essa pandemia”, destaca. 

No estado  

Em Santa Catarina, a retração das vendas foi menor do que a projetada. “O empreendedor catarinense está exibindo sua capacidade de se reinventar e de criar formas para sensibilizar o consumidor. A queda era inevitável, mas ficou abaixo das estimativas”, analisa o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL), Ivan Tauffer.

A entidade, que representa 209 CDLs no Estado, apurou as vendas no crediário na semana que antecedeu o Dia das Mães, junto aos principais associados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC/SC) e registrou uma redução de 13,6% em relação ao mesmo período de 2019. 

O levantamento também identificou uma queda de 14,6%, quando comparados apenas os dias do final de semana da data festiva com o mesmo período no ano anterior. 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões