Mais de 20 milhões sem conta bancária já receberam

Um total de 20,02 milhões de brasileiros sem conta bancária recebeu a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras). O número supera a estimativa de 18,5 milhões de pessoas apresentada no início da semana. A informação foi divulgada pelo vice-presidente de Varejo da Caixa Econômica Federal, Paulo Henrique Angelo.

O vice-presidente da Caixa concedeu entrevista coletiva transmitida pela internet diretamente de uma agência no centro de Manaus. Apesar da expectativa de que o banco anunciasse hoje o calendário de pagamento da segunda parcela do benefício, nenhuma data foi informada. A maior parte dos "desbancarizados" que fizeram o resgate optou por transferir o dinheiro para contas da Caixa em nome de parentes ou de amigos.

Segundo Angelo, 8,22 milhões fizeram essa opção, que, conforme explicou, equivale à retirada do auxílio. Uma hipótese para essa opção é de que a conta poupança digital permite transferências ilimitadas e sem custo para outras contas da própria Caixa.

Em segundo lugar, ficou o saque em dinheiro nas agências da Caixa, nos caixas eletrônicos ou em casas lotéricas, com 6,78 milhões de retiradas realizadas até as 14h de hoje.

O número representa o contingente que tem ido aos pontos de atendimento nos últimos dias, fazendo longas filas. Desde terça-feira (5), o saque em espécie da primeira parcela está liberado para todos os beneficiários, independentemente do mês de nascimento. Um total de 4,03 milhões de brasileiros transferiu o dinheiro da conta digital para contas de outros bancos por meio da Transferência Eletrônica Disponível (TED) ou do Documento de Ordem de Crédito (DOC). A conta poupança digital permite até três operações do tipo por mês. Por 90 dias, elas serão gratuitas.

Segundo a Caixa, 461,1 mil pessoas usaram a conta digital para pagar contas domésticas (água, luz, telefone e gás), 451,99 mil pagaram boletos por meio do aplicativo Caixa Tem e apenas 47,5 mil optaram por receber o benefício em cartões de débito da bandeira ELO.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Taxista relata tensão ao ter faca no pescoço e receio de ser morto

Alvo de assaltantes na semana passada, o taxista Osvaldino Varela pede auxílio para tentar localizar o carro, levado pelos criminosos naquela ocasião. Ele foi rendido na quarta-feira (13) à noite, na região do bairro Volta Grande, por dois homens armados com revólver e faca, e abandonado no meio do caminho. Osvaldino conta que chegou em casa no final do dia e um amigo, também taxista, ligou pedindo para que ele fizesse uma corrida a um cliente, pois...
Continuar lendo...

Novo estudo aponta 530 mil desempregados em SC

O Sebrae/SC, a Fiesc e a Fecomércio divulgaram nesta terça-feira (12) a 3ª edição da pesquisa que apresenta o impacto da pandemia do novo coronavírus na economia do estado de Santa Catarina. De acordo com a sondagem, que analisou o universo dos pequenos negócios e das médias e grandes empresas, cerca de 530 mil pessoas já perderam seus empregos desde o início da crise provocada pela pandemia da Covid-19. De acordo com a...
Continuar lendo...

Mega operação ataca tráfico em Brusque e cidade do litoral

Na manhã de hoje, quinta-feira (21), policiais civis e militares cumpriram onze mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisões preventivas expedidos pela Vara Criminal de Brusque. Elas são fruto investigação iniciada na Divisão de Investigação Criminal de Brusque. Dez mandados de busca e apreensão foram cumpridos no município de Brusque, em diversos bairros da cidade, e um no...
Continuar lendo...