Demissões no setor de transporte crescem em Brusque

O setor de transporte tem enfrentado uma onda de demissões por conta da pandemia do Coronavírus. Na cidade de Brusque não é diferente. Dados do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte (SINTRAB) apontam que quase cem desligamentos já ocorreram desde o início da crise, na metade de março.

Entre empregados de empresas de transporte coletivo e de cargas, as rescisões de contratos de trabalho chegaram a 70 na última semana. E mais demissões devem vir ao longo dos próximos dias.

“Não houve mais demissões porque fizemos muitas negociações com as empresas, tentando garantir o lado do funcionário. Mas estamos vendo que se continuar desse jeito, vai dar muito mais demissão”, aponta o presidente do SINTRAB, Rogério Reis.

Atualmente, o setor possui, na cidade de Brusque, em torno de 250 empresas. Elas se dividem nos segmentos de transporte coletivo, turismo, transportadoras de carga e transporte escolar.

Uma das situações mais críticas é a da empresa Santa Luzia Transportes e Turismo. Com quadro de, aproximadamente, 350 empregados, o risco de demissões ronda a mesma desde o mês passado. Em entrevista à Rádio Cidade no final de abril, o dono da empresa, Hermes Klann, afirmou que o risco de demissões é grande se não haver a retomada dos serviços, principalmente quanto ao transporte coletivo.

No dia 30 de abril, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, prorrogou por tempo indeterminado a proibição de circulação de ônibus em território catarinense.  

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Carro bate contra poste e motorista foge do local do acidente

Um veículo Gol bateu contra um poste na madrugada deste sábado em Brusque. Desta vez o caso foi registrado na Travessa Lagoa Dourada bairro Souza Cruz por volta de 1 hora da manhã. Conforme as informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros, o veículo bateu contra um poste e não havia ninguém. O motorista fugiu do local. Este foi o segundo caso de acidente de veículo contra poste em que o motorista sumiu em menos de 24...
Continuar lendo...

Hospital busca se adaptar à queda na procura de atendimentos

O hospital de Dom Joaquim consegue se manter em atividade, sem complicar os atendimentos, em um período de até três meses. A informação foi dada pelo admnistrador da unidade, Raul Civinski, e pela enfermeira chefe, Vera Lucia Civinski, durante entrevista ao programa Rádio Revista Cidade, da Rádio Cidade. O motivo é que o hospital registrou queda significativa de atendimentos ambulatoriais neste período de...
Continuar lendo...

Ação vai enquadrar empresas que deixam cabos e fios soltos

Uma ação conjunta entre setores da Prefeitura de Brusque vai cobrar de empresas que prestam serviços na cidade cuidados e manutenção com cabos que ficam soltos nas vias públicas. A medida visa evitar situações que têm se tornado corriqueiras pelas ruas, em que fios soltos colocam em risco a segurança de pedestres e até motociclistas. De acordo com Waldir da Silva Neto, coordenador do Instituto Brusquense de...
Continuar lendo...