Justiça libera R$ 2,5 milhões a funcionários da Buettner

Em decisão da última quinta-feira (30), a justiça de Brusque liberou cerca de R$ 2,5 milhões para pagamento de credores trabalhistas da empresa Buettner AS. A decisão é d ajuíza Clarice Ana Lanzarin, da vara comercial do Judiciário.

Segundo a determinação da juíza, cada funcionário da massa falida vai receber em torno de R$ 3 mil. A medida é fruo de pedido feito pelo administrador judicial Gilson Sgrot, devido à situação a pandemia. Ele pedia a liberação do valor para auxiliar os empregados e ex-empregados nesse período.

Veja também - Maquinário da Buetner é avaliado em R$ 1,7 mi

Não há data para o início dos pagamentos, mas a intenção é de que eles comecem ainda este mês.

No mês de abril foram realizadas duas tentativas de vender judicialmente bens da empresa para quitação de dívidas, que rondam a casa dos R$ 20 milhões. Ambas terminaram sem propostas.

A ação foi protocolada por Sgrot no dia 24 de abril e a decisão da magistrada saiu seis dias depois.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões