Transporte coletivo continuará proibido, anuncia governador

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, anunciou que não deve liberar o retorno do transporte coletivo nesta sexta-feira (1), já que o decreto que proíbe a circulação os ônibus municipais, intermunicipais e interestaduais expira nesta quinta-feira (30). A afirmação foi feita por ele em coletiva de imprensa no final da tarde de hoje.

De acordo com o governador, não há condições de liberar o retorno da atividade ainda. Embora a proibição atual expire na noite de quinta-feira, ele deixou claro que não autorizará a retomada. Mas não deu prazo para que isso ocorra.

“Não temos ainda uma data. A decisão é de suspender, sem prazo para retorno. O próximo decreto deve prever mais 30, 15 ou 20 dias”, disse ele.

Inicialmente, o serviço de transporte coletivo em território catarinense estava proibido até o dia 7 de abril. Na data anterior, o governador anunciou a prorrogação da proibição o retorno, considerando o acréscimo de casos de Coronavírus e a estimativa de maior contaminação se o serviço fosse retomado.

O novo prazo estabelecido era 30 de abril amanhã, quinta-feira.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões