Câmara aceita pedido para apurar declaração de Deichmann

Na sessão virtual desta terça-feira (28), a mesa diretora da Câmara municipal aceitou pedido de abertura de processo contra o vereador Marcos Deichmann (Patriotas). O motivo foram declarações feitas por ele em um grupo de WhatsApp no qual foi realizada a sessão ordinária da semana passada. No comentário, ele chamou a Câmara de “milícia do Executivo”.

A declaração foi estopim para que o corregedor da casa, Cleiton Bitellbrunn (DEM), encaminhasse o pedido à mesa diretora. No final da sessão desta terça, o presidente da Câmara, Ivan Martins (DEM), solicitou que os partidos indicassem membros para compor a comissão que vai apurar o caso.

“O vereador Cleiton Bitellbrunn não tem nem moral para falar de ética dentro da Câmara de Vereadores. Quando mais fazer representação contra vereador”, disse Deichmann à reportagem Cidade hoje após a sessão.

O caso

Na sessão da semana passada, Deichmann protocolou um pedido de informações sobre os valores da merenda escolar que chegam à Prefeitura e como está a situação neste período em que as crianças não estão com aulas presenciais.

No entanto, o não foi à votação naquela sessão. Por conta disso, ele se irritou e em um grupo WhatsApp dos vereadores disse que a “Câmara é uma milícia da Prefeitura”. Esse foi o motivo da representação feita por Bitelbrunn à mesa diretora.

Ao final da sessão desta terça-feira, o presidente da Câmara pediu a indicação dos nomes de vereadores que vão integrar a comissão. Se prontificaram a fazer parte dos vereadores Paulinho Sestrem (Republicanos), Sebastião Lima (PL), Claudemir Duarte (PT) e Gerson Morelli (Podemos).

O vereador Jean Pirola (Progressistas) lembrou que antes de haver a indicação é necessário verificar como ficaram as composições partidárias, considerando as trocas de partidos por conta da janela de março último.

O vereador Cleiton também foi procurado pela reportagem, mas não retornou o contato até a publicação deste material.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Guabiruba faz balanço dos estragos e alerta sobre rajadas de vento

A Defesa Civil de Guabiruba ainda está fazendo um levantamento mais detalhado dos estragos provocados pelo ciclone que passou pela cidade no final da tarde de terça-feira (30). Conforme o responsável, Cláudio Correa Junior, na tarde de hoje será possível oferecer um panorama mais preciso da situação. Destelhamentos de residências, indústrias e espaços públicos estão sendo vistoriados pelas...
Continuar lendo...

Justiça condena grupo acusado de roubo e receptação de cargas

Um grupo de pessoas envolvido em crimes de desvio e receptação e cargas de algodão nos anos de 2017 e 2018 na região de Brusque, Guabiruba, Botuverá e Itajaí foi condenado pela justiça. A sentença é do juiz Edemar Leopoldo Schlosser, de Brusque. O magistrado condenou nove envolvidos e absolveu outros três. A sentença é do dia 20 de maio. De acordo com os autos do processo, o caso foi apurado pela...
Continuar lendo...

Duas situações precisaram de intervenção policial durante a manhã de votação

A Polícia Militar atualizou o trabalho que vem sendo realizado nas eleições municipais 2020 neste domingo (15). O Comandante do 18º Batalhão de Polícia Militar de Brusque, Otávio Ferreira Filho, afirmou mais uma vez que tudo segue dentro da normalidade. Mas duas situações precisaram da intervenção policial. “Em Brusque foi lavrado um termo circunstanciado devido a propaganda eleitoral indevida no Colégio...
Continuar lendo...