STF está julgando se acordos precisam de aval dos sindicatos

O Supremo Tribunal Federal (STF) retomou, há pouco, o julgamento que vai decidir se os acordos individuais entre empresas e empregados para redução de jornada e salários precisam do aval de sindicatos. 

Os acordos estão previstos na Medida Provisória 936/2020, editada para preservar o vínculo empregatício e permitir acesso a benefícios durante os efeitos da pandemia do novo coronavírus na economia.

A Corte avalia se vai referendar a liminar do ministro Ricardo Lewandowski, proferida no dia 6 de abril, para garantir que os sindicatos não podem ser excluídos das negociações individuais e devem ser comunicados em até dez dias para análise dos acordos. O ministro atendeu pedido da Rede Sustentabilidade para considerar ilegal parte da interpretação jurídica da MP e assegurar a participação das entidades. 

Na sessão de ontem (16), realizada por videoconferência, Lewandowski foi o primeiro a votar. O ministro reafirmou a validade imediata dos acordos individuais, no entanto,  entendeu que os sindicatos podem propor acordo coletivo, que terá prevalência ao individual se for mais benéfico ao trabalhador. 

O julgamento estava previsto para terminar nessa quinta-feira, mas um problema técnico no programa de videoconferência impediu a continuidade da sessão. Mais nove ministros devem votar hoje. 

Segundo o Ministério da Economia, cerca de 2,5 milhão de acordos individuais entre empresas e empregados para redução de jornada e salários já foram registrados após a edição da MP.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Vítima estava bastante ferida e delirando ao falar

Por volta das 19h17 de ontem, sábado (16), o Corpo de Bombeiros de Brusque atendeu a um acidente de trânsito na rua Itajaí, bairro Limoeiro. Tratava-se de uma queda de moto. O condutor de uma Honda CG, placa de Brusque, um homem de 45 nos de idade, encontrava-se caído na via. Ele apresentava ferimentos por todo o corpo, além de emitir sons incompreensíveis pela equipe.   Ele foi levado ao pronto socorro do hospital de Azambuja.
Continuar lendo...

Colisão entre carros deixa mulher ferida gravemente no Poço Fundo

Um grave acidente entre dois carros deixou duas pessoas feridas e que foram encaminhadas ao pronto-socorro do hospital de Azambuja na noite deste domingo (24). A colisão foi entre um Corsa, com placas de São João Batista, e um Ford Focus, de Brusque. Os dois carros se chocaram por volta de 18h50 na Rua João Tormena, que liga os bairros Poço Fundo e Ponta Russa. Conforme informações do Corpo de Bombeiros, que deslocou várias equipes...
Continuar lendo...

Grupo de enfermeiros vai reforçar atendimentos

O Hospital Azambuja ontem, quinta-feira (6), 12 novas enfermeiras que irão atuar na linha de frente no tratamento de pacientes com Covid-19. Os profissionais são de Fortaleza (CE) e chegam ao município através de um convênio firmado com a Coopernordeste. De acordo com administrador do Hospital Azambuja, Evandro Roza, a busca por profissionais cearenses ocorreu devido ao aumento de casos do novo coronavírus na região de Brusque e a...
Continuar lendo...