Justiça mantém obrigatoriedade do uso de máscaras em Brusque

O uso de máscaras domésticas de proteção em Brusque foi contestado em ação popular, formulada por um cidadão do município, com pedido de liminar. No final da tarde de quarta-feira (15), a juíza Iolanda Volkmann indeferiu o pedido. Desta forma, continua em vigor o texto do Decreto Municipal 8586.

Em seu despacho, a magistrada entendeu que o referido decreto está de acordo com as competências constitucionais do município e segue as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa, que divulgaram guias sobre a utilização de máscaras no contexto da Covid-19. Argumentou, também, que outras 22 cidades catarinenses já editaram atos normativos que preveem a obrigatoriedade do uso de máscaras domésticas.

Para o secretário de saúde de Brusque, Humberto Fornari, o uso de máscaras é extremamente importante nos dias de hoje, com a liberação de diversos setores do comércio. “Precisamos manter não só o distanciamento, mas também criarmos uma barreira higiênica do ponto de vista respiratório. Essa barreira só se faz com o uso de máscaras”, explica.

De acordo com ele, a máscara significa proteção para o indivíduo e para as demais pessoas. “Usamos a máscara para nos proteger de maneira secundária, pois se nós protegermos o outro, nós nos protegemos, em função que o número de casos será menor, o número de necessidade de pacientes em leitos de UTI será bem menor, e se qualquer um de nós estiver necessitando de leito, de atendimento médico hospitalar, nós teremos a garantia de tê-los no momento adequado. Por isso, volto a frisar que o uso de máscaras é essencial. Todos nós temos que mudar nosso comportamento, pois não temos como segurar as pessoas em isolamento”, conclui.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Homem atea fogo na casa para tentar matar o próprio pai

Um homem foi preso na noite de ontem, domingo (31), suspeito de atear fogo em uma casa para matar o próprio pai. O crime ocorreu na cidade de Ascurra, no Alto Vale. Segundo as infromações da polícia, ele teria colocado produtos inflamáveis ao redor do imóvel, situado na localidade de Ribeirão das Cabras. O fogo consumiu toda a estrutura da casa. O pai dele conseguiu escapar. Pessoas que moram nas redondezas perceberam a ação e...
Continuar lendo...

Incêndio destroi carro na rodovia Ivo Silveira esta madrugada

Um veículo pegou fogo no final da madrugada desta quarta-feira (23). O fato foi registrado por volta de 5h, na rodovia Ivo Silveira, região do bairro Barracão, divisa entre as cidades de Brusque e Gaspar. Segundo os bombeiros, no local foi constatado que o automóvel Santana, placas de Gaspar, já  estava tomado pelas chamas ao lado da via. A equipe realizou o combate direto com uso de água e espuma, utilizado 300 litros de água...
Continuar lendo...

Incêndio de grandes proporções atinge fábrica

Na noite desta terça-feira (08), um incêndio de grandes proporções atingiu uma fábrica de móveis em Chapecó, no oeste de Santa Catarina.  Segundo informações do Corpo de Bombeiros, as chamas iniciaram por volta das 20h35. De acordo com as primeiras informações não houve feridos. A equipe teve dificuldades para controlar o fogo por se tratar de materiais inflamáveis e madeira.   
Continuar lendo...