Cobrança da Área Azul de Brusque está suspensa pelo período de 30 dias

Diante do atual cenário provocado pela pandemia de covid-19 (coronavírus), a Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque (CDL) informa que estão suspensas pelo período de 30 dias - a partir desta terça-feira (14) - as atividades de monitoramento e cobrança do estacionamento rotativo “Área Azul”.

Neste período, os colaboradores terão os contratos de trabalho suspensos, evitando demissões na equipe. A medida leva em consideração a manutenção dos postos de trabalho e também a estimativa de fluxo diferente do habitual no comércio central da Brusque, uma vez que grande parte da população tem comparecido à região central da cidade para ir até ao banco, agências lotéricas e farmácias.

Os créditos eletrônicos adquiridos previamente permanecem disponíveis e poderão ser utilizados quando o serviço for retomado. “Entendemos não ser necessária neste momento a cobrança do estacionamento rotativo, devido ao cenário econômico delicado que grande parte da população se encontra. Por isso, entramos em contato com o poder público municipal para obter autorização para suspender temporariamente as atividades de fiscalização”, explica o presidente da CDL Brusque, Fabricio Zen.

O decreto municipal que suspende temporariamente a Área Azul pelo período de 30 dias será publicado nesta terça-feira, 14 de abril. "Vamos aguardar os 30 dias e acompanhar e estudar o cenário, apostando em uma melhora gradativa. Queremos manter os empregos de nossa equipe, mas precisamos ser justos e coerentes também com quem precisa utilizar o centro para acesso às atividades essenciais neste momento", reforça o gestor executivo Claudemir Marcolla.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões