Usuários de albergue reclamam do corte na alimentação e secretário explica os motivos

A Rádio Cidade foi procurada por usuários do Albergue Municipal na manhã desta segunda-feira (13) relatando uma mudança interna que vem causando dificuldades para quem precisa dos serviços. Conforme Everton Lucas Dias, que usa o Albergue, não estão mais servindo as marmitas ao meio dia. Ele disse que trabalha em uma empresa que não retornou as atividades ainda, e por isso precisa do Albergue para alimentação.

“A maioria dos moradores de rua não querem voltar para rua, isso é benefício que a cidade está tendo. A marmita eles não estão fornecendo, então queríamos uma melhoria nesse sentindo, e que também fornecessem currículos para que as pessoas fossem arrumar emprego, e o almoço e não deixassem o pessoal na rua”, afirmou ele.

Outra situação apontada por Everton é a opção do usuário do albergue em continuar morando no município. “Eles falam da gente ter vínculos com as famílias e voltar para as cidades que vivíamos, mas tem muitos que não querem, eu por exemplo quero morar em Brusque, eu já tenho o meu trabalho e estou em busca da minha casa”, frisou.

A Rádio Cidade entrou em contato com o secretário da Assistência Social, Odair Bózio, que confirmou o corte nas marmitas e cafés da tarde. De acordo com ele, essa alimentação passou a ser dada em função da pandemia do Coronavírus para que eles ficassem o tempo todo no albergue, mas isso mudou com o passar das semanas. “Eles estavam vindo se alimentar no albergue e voltavam para as ruas, então o nosso objetivo não estava sendo alcançando, por isso a equipe sugeriu que houvesse o cancelamento desse serviço e voltamos a rotina normal, abrindo as 19 horas até as 7 horas”, explicou o secretário.

Odair salientou também que todos eles tiveram direito ao Auxilio Emergencial. “É uma ajuda para eles e a nossa equipe técnica está no Centro Pop de segunda a segunda 12 horas por dia para ajudar eles", concluiu o secretário.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Polícia identifica motorista que atropelou e matou idosa em Gaspar

Em uma ação conjunta, as Polícias Civil e Militar identificaram esta semana um homem de 35 anos como o suspeito de ser o motorista do veículo que atropelou e matou uma idosa de 80 anos em Gaspar. O atropelamento ocorreu no dia 02/11/2020, por volta das 05h30min, quando a vítima realizava sua caminhada matinal no acostamento da Rua Hercílio Fides Zimmermann e foi atingida pelas costas pelo veículo. Com o impacto, o corpo foi arremessado para um matagal que havia no local e o motorista...
Continuar lendo...

(VÍDEO) Haitianos em Brusque: rever a família depois de cinco anos e se tornar empreendedor

Deixar a família para trás e sair em busca de uma melhor condição de vida em outro país. Essa tem sido uma realidade presente para muitos haitianos que residem no Brasil. Em Brusque, são diversos deles. Alguns vêm lutando dia após dia para conseguir uma maneira de poder reunir novamente com familiares. É o caso de Venes Garcon, 53 anos de idade, que não vê os três filhos e a mãe há cinco anos. O...
Continuar lendo...

Vítimas de Covid-19 com sequelas serão tratadas em Brusque

O Hospital de Dom Joaquim vai começar nos próximos dias a executar o serviço de atendimento a pacientes que foram infectados por Covid-19 e apresentam sequelas. O trabalho ocorre a partir de convênio firmado com a Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com a enfermeira chefe do hospital, Vera Lucia Civinsky, essa tratativa já vem sendo feita há algum tempo com a Secretaria de Saúde. Percebeu-se que havia pessoas que tiveram Covid e...
Continuar lendo...