Iniciativas usarão monitoramento e geram preocupações

O governo de São Paulo anunciou o que chamou de “sistema de monitoramento inteligente” dos cidadãos (Simi-SP) para evitar aglomerações utilizando tecnologias digitais como os smartphones.

Ele funcionará a partir de uma parceria com as operadoras Vivo, Claro, Oi e TIM, que repassarão dados de aglomerações a partir de 30 mil pessoas. 

“Com 100% dos usuários de telefonia celular em São Paulo, nós podemos identificar os locais onde as pessoas estarão e onde houver concentração para analisar o percentual de isolamento e também ações de orientação e advertência, se necessário”, disse o governador João Dória no lançamento do sistema, no último dia 9.

Projetos semelhantes foram lançados em outros estados. O governo do Pará informou que, através de parceria com uma empresa, irá acompanhar o nível de aglomerações. A estimativa é que o isolamento esteja em 40%, considerado baixo para combater a expansão do novo coronavírus.

O programa permitirá que as autoridades estaduais possam verificar em tempo real e no recorte territorial, mapeando a dinâmica de movimentação por bairro. Essas informações servem de base para as ações de combate.

A prefeitura do Recife também anunciou, como parte do seu plano de contingenciamento da covid-19, um sistema semelhante de rastreamento dos fluxos de pessoas baseado em geolocalização na cidade de modo a identificar o cumprimento das medidas de isolamento determinadas para o município.

O governo federal também utilizará o mesmo recurso. Uma parceria deve ser firmada com as operadoras nacionais de telecomunicações (Claro, Vivo, Oi, Tim e Algar) que fornecerão dados agregados sobre a circulação de pessoas.

Estes serão coletados a partir da conexão dos smartphones às antenas, chamadas tecnicamente de estações rádio base (ERB).

 

Plataformas

O monitoramento dos usuários de internet está sendo realizado também por grandes plataformas digitais. O Google, responsável pelos dois principais aplicativos de mapeamento (Maps e Waze) e pelo sistema operacional Android, lançou os “Relatórios de Mobilidade Comunitária”, no qual disponibiliza informações das aglomerações por localidade.

O do Brasil, datado de 29 de março, mostra a redução de aglomerações de 71% em comércios como restaurantes, shoppings e cinemas; 35% de farmácias e padarias; 70% em parques; 34% em locais de trabalho. 

O relatório também faz o recorte por estado. O Google afirma que os dados são agregados e anonimizados de usuários que acionam o histórico de localização em seus dispositivos.

O Facebook lançou uma plataforma chamada “Dados para o Bem”, com ferramentas para utilização de dados tanto coletados pela empresa como de outras fontes públicas, como imagens de satélite.

Entre os produtos, figuram mapas de densidade populacional e ferramentas para organizações da sociedade civil. Os dados são disponibilizados para instituições internacionais, como as Nações Unidas, pesquisadores e entidades sem fins lucrativos.

A companhia argumenta que preserva a privacidade ao utilizar dados agregados, que não identificam os indivíduos e formas de evitar a reidentificação das pessoas com técnicas de combinação de bases de informação.

 

FONTE: Agência Brasil

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Homem morre ao cair sobre picador de madeira

Um homem de 57 anos de idade morreu ao cair em um picador de madeira enquanto trabalhava. O fato foi registrado na manhã desta sexta-feira (24), na cidade de Rio dos Cedros. Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas ao local em que a vítima trabalhava. Um dos colegas disse que era comum o homem subir no equipamento para realizar as atividades para destravar a máquina. Nesta sexta, no entanto, os colegas não notaram sua presença e foram verificar,...
Continuar lendo...

Secretaria de Educação de Guabiruba disponibilizará atividades a distância

A Secretaria de Educação de Guabiruba irá disponibilizar uma plataforma para que os alunos da rede municipal de ensino do município possam desenvolver atividades a distância. A decisão foi tomada em reunião realizada na manhã de segunda-feira, (13). A previsão é de que a plataforma vá ao ar no dia 20 de abril. A partir dessa data, os professores de cada turma e disciplina passarão a postar atividades para...
Continuar lendo...

Caixa abre neste sábado para pagar auxílio emergencial

A agência da Caixa Econômica Federal do Centro de Brusque vai estar aberta neste sábado (2) para atendimento ao público. O expediente será das 8h às 12h para serviços de informações e saques do auxílio emergência para pessoas que não possuírem cartão. Quem nasceu nos meses de setembro e outubro e fez o cadastro para receber a ajuda do governo federal poderá realizar o saque. Antes,...
Continuar lendo...