Polícia Civil fecha 1.778 estabelecimentos em Santa Catarina

A Polícia Civil divulgou nesta segunda-feira (23), o total de 1.778 estabelecimentos fechados em Santa Catarina, desde a última quarta-feira (18). As ações em cumprimento ao decreto 515 do governo do Estado, no qual impõe medidas restritivas para frear o coronavírus, aconteceram dia e noite em todas as regiões catarinenses.

Os dados são da Gerência de Jogos e Diversões e Produtos Controlados da Polícia Civil. Eles mostram uma forte tendência de queda nos números em relação ao passar dos dias, uma possível indicação da conscientização da população. No primeiro dia da fiscalização (18), por exemplo, foram fechados 922 estabelecimentos e, no domingo (22), foram totalizados 77 fechamentos.

A Polícia Civil utilizou 538 viaturas e 1.166 policiais civis participaram das fiscalizações. Três pessoas foram conduzidas à Delegacia de Polícia por relutância ao fechamento. “A Polícia Civil continuará cumprindo as orientações do decreto e atendendo a população de Santa Catarina”, afirma o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial e Delegado Geral da Polícia Civil, Paulo Koerich.

Denúncias sobre o descumprimento das medidas restritivas podem ser dadas ao 181.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

“Vamos prorrogar por mais sete dias a nossa restrição social”, anuncia o governador Moisés

Em coletiva de imprensa o Governador do Estado de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, anunciou a nesta segunda-feira (23) um novo decreto que prorroga por mais sete dias o decreto anterior. “Vamos prorrogar por mais sete dias a nossa restrição social. Portanto o decreto terminaria seus efeitos amanhã, terça-feira (24) será editado e vamos publicar outro que começa a valer a partir de quarta-feira (25) até dia 31 de...
Continuar lendo...

Senado aprova benefício de R$ 600 a autônomos e informais

O Senado aprovou hoje (30) o pagamento de um auxílio emergencial por três meses, no valor de R$ 600, destinado aos trabalhadores autônomos, informais e sem renda fixa. Chamada de “coronavoucher”, a ajuda vem para reparar as perdas de renda para algumas fatias da sociedade durante o período de isolamento, quando as oportunidades de trabalho para essas categorias estão escassas. A aprovação foi unânime, com 79 votos...
Continuar lendo...

Governador planeja retomada gradativa da atividade econômica e projeta 713 novos leitos de UTI

O governador Carlos Moisés informou que o Governo de Santa Catarina já tem um planejamento para a retomada da atividade econômica. As ações serão gradativas, conforme ocorra uma evolução controlada do número de casos de coronavírus no estado. O objetivo é adequar as medidas de isolamento à necessidade dos catarinenses com segurança. Ao mesmo tempo, o Estado pretende ampliar em 713 os leitos de UTI nos...
Continuar lendo...