Governo divulga portaria para regulamentar a operação de indústrias

Nesta segunda-feira (23), o Governo do Estado de Santa Catarina divulgou nova portaria com regras estabelecidas para as atividades industriais em território catarinense. Nela, padarias, mercearias, açougues e peixarias são classificados como serviços essenciais. O documento permite manter as indústrias em operação, se reduzido ao menos em 50% do número de trabalhadores por turno de trabalho.  

As exceções são agroindústrias, indústrias de alimentos e indústrias de insumos de saúde, estas não precisarão ter redução do número de trabalhadores. De acordo com o governador Carlos Moisés, é necessário manter esses serviços ativos para evitar a possibilidade de desabastecimento no Estado.

“Assim como a saúde e a segurança não podem parar, precisamos também que a agroindústria permaneça ativa em Santa Catarina. Regulamentamos uma condição para que essas indústrias possam manter efetivamente a produção”, destaca o governador.

A portaria também estabelece para as indústrias outras determinações para entrar em vigor a partir desta segunda-feira (23) :

  • Priorização do afastamento, sem prejuízo de salários, de empregados pertencentes a grupo de risco, tais como pessoas com idade acima de 60 anos, hipertensos, diabéticos e gestantes;
  • Priorização de que os setores administrativos atuem remotamente;
  • Adoção de medidas internas, especialmente as relacionadas à saúde no trabalho, necessárias para evitar a transmissão do coronavírus no ambiente de trabalho;

 

Transporte:

As indústrias poderão fretar ônibus. Entretanto, a utilização de veículos de fretamento para transporte de trabalhadores é limitada a 50% da capacidade de lotação de cada veículo.

 

Gênero alimentício:

A portaria também classifica padarias, mercearias, açougues e peixarias como serviços essenciais de comercialização de gêneros alimentícios. Tais estabelecimentos comerciais podem permanecer abertos ao público, desde que evitem aglomeração no atendimento, conforme determinação prevista em decreto publicado na semana passada.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Veja qual faixa etária tem mais contaminados por Covid-19 em Brusque

O maior número de casos de pessoas infectadas por Coronavírus na cidade de Brusque tem entre 20 e 39 anos de idade. O dado integra o boletim divulgado nesta sexta-feira (22) pela Secretaria Municipal da Saúde. Destes, 28 têm entre 30 e 39 anos e 25 casos são de pessoas com idades entre 20 e 29 anos.  O levantamento mostra que a segunda faixa com mais casos está entre as pessoas com idades dee 40 e 59 anos (17 casos) e 50 e 59 anos (19...
Continuar lendo...

Boa notícia: paciente da UTI deixa respiração mecânica

A moradora de Brusque que está na UTI do hospital  Oase, em Timbó, por conta de Coronavirus, evoluiu positivamente o quadro de saúde nesta segunda-feira (25). Segundo o secretário municipal de Saúde, Humberto Martins Fornari, ela não está mais necessitando de respiração mecânica e já consegue fazer algumas necessidades básicas sozinha. A mulher, de 63 anos de idade, moradora do bairro Santa...
Continuar lendo...

Mais de duas toneladas de alimentos são arrecadadas

Foi realizada no último sábado (11) terceira edição do Drive Thru do Bem, em prol das famílias carentes atendidas pela Ação Social da Paróquia São Luís Gonzaga. Ao todo, foram arrecadadas mais de duas toneladas de alimentos e, pelo menos, 150 quilos de produtos de higiene e limpezano estacionamento da igreja São Luiz Gonzaga, no Centro de Brusque. O padre Diomar Romaniv, pároco, destaca que a...
Continuar lendo...