Botuverá também restringe acesso ao município

A Prefeitura de Botuverá emitiu Decreto que restringe o acesso de pessoas o interior do município. O documento, assinado pelo prefeito em exercício Alcir Merízio, tem data desta sexta-feira (20) e segue os mesmos parâmetros do emitido por Brusque ontem, quinta-feira (19).

Pelo Decreto, ficam impedidos de entrar na cidade de Botuverá veículos e pessoas que não residam no município. Apenas os moradores da cidade que estiverem fora e que comprovarem residência poderão acessar a cidade.

Segundo o Decreto, ficam fora da restrição os veículos que transportam gêneros alimentícios, medicinais, da indústria e de distribuição de produtos em geral.

A Defesa Civil é quem ficará responsável pela fiscalização e terá autonomia para avaliar os casos abordados. O documento não especifica a partir de que horário começam a ser montadas as barreiras, mas tem validade a partir desta sexta-feira. 

A medida de rerstringir o acesso ao município tem validade de dez dias.

No início da semana, a Prefeitura já havia emitido outro Decreto, com base no estadual, limitando o aglomero de pessoas em espaços públicos, como as cavernas, além de reuniões e, da mesma forma, cancelando eventos.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Santa Catarina recebe mais 173 mil doses da vacina contra a gripe

Nesta quinta-feira (2), Santa Catarina recebeu a quarta remessa de vacinas, com mais de 173.600 doses contra gripe influenza para imunização dos grupos prioritários. A distribuição para as regionais de saúde já começou nesta quinta-feira. De acordo com a gerente de imunização da Dive, Lia Quaresma, o estado receberá no total 2.570.800 doses em pequenos lotes, pois depende da produção da vacina. Sendo o...
Continuar lendo...

Sindilojas sugere “toque de recolher”

Sindicato do Comercio Varejista e Atacadista de Brusque, Botuverá e Guabiruba, Sindilojas, enviou ofício assinado pelo presidente do sindicato, Marcelo Gevaerd, as prefeituras de Brusque, Botuverá e Guabiruba, sugerindo algumas medidas para que a quarentena seja mais eficiente e que assim possa fazer com as atividades normais do comércio retorne o mais breve possível. De acordo com o ofício os comerciantes também como representantes de classe...
Continuar lendo...

Câmara aprova auxílio de R$ 600 por mês para trabalhador informal

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (26) auxílio emergencial por três meses, no valor de R$ 600,00, destinados aos trabalhadores autônomos, informais e sem renda fixa durante a crise provocada pela pandemia de coronavírus. A matéria segue para análise do Senado.  Pelo texto do relator, deputado Marcelo Aro (PP-MG), o auxílio pode chegar a R$ 1.200 por família. O valor final, superior aos R$ 200...
Continuar lendo...