Transporte público será interrompido a partir de amanhã em Brusque

A Prefeitura de Brusque informa que a partir desta quinta-feira (19) o transporte público municipal estará paralisado conforme determinou os Decretos 509 e 515/2020 do Governo do Estado de Santa Catarina. A definição foi tomada pelo poder público e a empresa concessionária Nosso Brusque, com a Polícia Militar (PM) durante reunião  na manhã desta quarta-feira. Todas as medidas, têm validade de sete dias, a contar de hoje e têm por objetivo conter a propagação do coronavírus.

No encontro, além do prefeito Jonas Paegle, também participaram o presidente da Câmara de Vereadores, Ivan Martins, presidente da Associação Empresarial de Brusque, Rita de Cássia Conti, presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) Fabrício Zen, Presidente do Sindicato Comércio Varejista e Atacadista, Marcelo Gevaerd. O comandante do 18º Batalhão da Polícia Militar, Tenente-coronel Otávio Manoel Ferreira Filho, informou que os comércios da cidade, incluindo shoppings, centros comerciais, lojas de ruas em geral, serão orientados na tarde de hoje, e amanhã, a determinação é que todos os estabelecimentos estejam fechados. “Hoje vamos orientar, e amanhã vamos fiscalizar. Mesmo o decreto já estando em vigor, a PM vai usar o bom senso durante esta quarta-feira. Serviços essenciais como supermercados, águas e gás, postos de combustíveis, farmácias, enfim, os considerados essenciais conforme o decreto estadual, podem funcionar, a partir de amanhã”, comenta o comandante. 

Estabelecimentos que trabalham com alimentos, como restaurantes e padarias poderão ter vendas de produtos para entrega e “viagem”, ou seja, venda em balcão para consumo em casa. Cafés (inclusive em padarias), casas noturnas, bares, academias e simulares estão proibidos em todo o território catarinense. Missas, cultos e celebrações em geral, não estão autorizados.

Em relação aos supermercados, a recomendação é a utilização do bom senso pelos empresários. É prudente observar a capacidade de cada estabelecimento visando a saúde, segurança e a ordem e, casos excepcionais, poderão ser orientados pela PM. 

As indústrias deverão observar as normas do Decreto Estadual e manter contato com suas associações de classe para novas orientações. 

A Prefeitura de Brusque informa ainda que as atividades administrativas serão realizadas normalmente nesta quarta-feira e a partir de amanhã, apenas serviços considerados essenciais, principalmente na área da saúde, serão mantidos. Um novo comunicado será divulgado a tarde, com a relação dos plantões em cada secretaria, fundações e autarquias.

Todas as medidas anunciadas pelo Governo do Estado são no sentido de evitar aglomerações públicas onde passam gerar contágios com eventuais casos suspeitos da doença.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Prefeitura de Brusque está contratando técnicos de enfermagem

A Prefeitura de Brusque realiza chamada pública para contratação de técnicos em enfermagem, em caráter temporário devido a pandemia de Covid-19, para atuação na Secretaria de Saúde. As vagas são para 40 horas, com a remuneração de R$ 2.581, mais o auxílio alimentação de R$ 330,00 As inscrições seguem até segunda-feira, 24 de agosto. Os candidatos interessados devem...
Continuar lendo...

(ÁUDIO) Agentes de Trânsito entregam resultados de testes de Covid-19?

Moradora de Brusque entrou em contato com a reportagem Cidade para tirar uma dúvida: se procede a informação de que a Guarda de Trânsito de Brusque (GTB) faz a entrega de resultados de testes para Covid-19. Situação como essa teria ocorrido com uma pessoa conhecida da família, o que causou desconfiança. A reportagem questionou a secretaria Municipal de Saúde sobre este tipo de ação. De acordo com o diretor geral da...
Continuar lendo...

Presidente defende o retorno das atividades econômicas no país

O presidente Jair Bolsonaro realizou um pronunciamento na noite desta terça-feira (24) em rede nacional trazendo como principal assunto o Coronavírus. O presidente reiterou o trabalho positivo do Ministério da Saúde. “Sabíamos que mais cedo ou mais tarde o Coronavírus chegaria ao Brasil, nosso ministro da saúde se reuniu com quase todos os secretários para que o planejamento estratégico de enfretamento fosse construído...
Continuar lendo...