Áudio: “Não precisa correr para fazer estoque, não vai faltar produtos nas prateleiras”, afirma o presidente da Acats

A movimentação nos supermercados em Brusque e região tem sido intensa após as notícias e as medidas tomadas em relação ao Coronavírus. A Rádio Cidade entrou em contato na tarde de terça-feira (17) com o presidente da Associação Catarinense de Supermercados (Acats), Paulo Cesar Lopes, que tranquilizou a população quanto ao abastecimento nos supermercados.

“Nós não temos nenhuma movimentação no sentido de desabastecimento, muito pelo contrário as lojas estão bem abastecidas, com os estoques regulados. A indústria está fornecendo normalmente, não tem nada no sentido da indústria parar de fornecer. Pedimos então calma e cautela para a comunidade, principalmente bom senso, não precisa estar correndo para os supermercados e fazer grandes estoques, não vai faltar produtos nas prateleiras, obviamente que pode acontecer uma ruptura momentânea devido todo esse movimento, mas as pessoas podem ficar tranquilas que não faltará produtos”, afirmou ele.

Paulo também ressaltou que a comunidade se atente a validade dos produtos. “É importante frisar que todos os produtos tem prazo de validade, qualquer produto que você comprar tem prazo, inclusive produtos de limpeza, quando a pessoa estoca muito ela corre o risco de lá na frente ter que desperdiçar e jogar esse produto fora”, destacou o presidente.

Limitações de vendas

Questionado sobre uma possível limitação na venda dos produtos, Paulo explica que ainda não há necessidade, somente no álcool gel, que está em falta no mercado pelo fato da indústria não dar conta da demanda. “Recebemos a informação que poderá haver limitações de vendas se os supermercados assim entenderem, principalmente o álcool gel, porque ele é importante, assim todos poderão ter acesso, tendo em vista que algumas pessoas compram um grande volume e outras ficam sem. Por enquanto nenhum outro item temos essa limitação, mas vamos ver o andar das coisas e quem sabe alguns itens poderão ser limitados com o passar dos dias”.

Aumento de preço

A reportagem conversou com o presidente sobre os aumentos nos valores de vendas. Ele frisou que a orientação da Associação é de que os estabelecimentos não tomem essa medida. “Estamos orientando desde a semana passada já recomendando a questão do aumento nos preços, mandamos uma carta de recomendação aos nossos associados para não majorar os preços. Quero que fique registrado que a Associação repudia esse tipo de atitude, não é o momento, precisamos estar unidos nesse momento de crise, então não é aceitável que isso aconteça e se o consumidor se sentir lesado, ele deve procurar os órgão competentes”, finalizou Paulo.

Confira a entrevista em áudio com o presidente

:

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Educação estabelece sistema de trabalho para atividades escolares a distância

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Educação, estabeleceu um sistema de trabalho para que professores e alunos da rede estadual de ensino possam realizar atividades não presenciais durante a suspensão das aulas. O objetivo é atender, com a maior abrangência possível, o universo dos 540 mil alunos de escolas estaduais e prevenir o contágio pelo novo coronavírus. De acordo com Natalino Uggioni,...
Continuar lendo...

Hospital Dom Joaquim passa a atender todos os dias das 7h às 22h

A Prefeitura de Brusque e o Hospital e Maternidade Dom Joaquim assinaram na tarde de terça-feira (31) aditivo de convênio para atendimento de pacientes do Sistema Único de Saúde -  SUS todos os dias da semana, das 7h às 22h, pelos próximos seis meses. Até o momento, os atendimentos eram realizados somente nos finais de semana.   A medida vem auxiliar a Secretaria de Saúde do município, no que se refere aos...
Continuar lendo...

Santa Catarina passa de 12,5 mil casos de Coronavírus e 184 mortes

Santa Catarina já registrou 12.594 pacientes com confirmação de infecção pelo novo coronavírus, sendo que 8.203 se recuperaram e 4.207 estão em acompanhamento. O balanço foi divulgado nesta quarta-feira, 10. A Covid-19 já causou 184 mortes no estado desde o início da pandemia. A taxa de letalidade é de 1,46%, uma das mais baixas do Brasil. Os cinco óbitos mais recentes são de duas mulheres, moradoras...
Continuar lendo...