Áudio: “Não precisa correr para fazer estoque, não vai faltar produtos nas prateleiras”, afirma o presidente da Acats

A movimentação nos supermercados em Brusque e região tem sido intensa após as notícias e as medidas tomadas em relação ao Coronavírus. A Rádio Cidade entrou em contato na tarde desta terça-feira (17) com o presidente da Associação Catarinense de Supermercados (Acats), Paulo Cesar Lopes, que tranquilizou a população quanto ao abastecimento nos supermercados.

“Nós não temos nenhuma movimentação no sentido de desabastecimento, muito pelo contrário as lojas estão bem abastecidas, com os estoques regulados. A indústria está fornecendo normalmente, não tem nada no sentido da indústria parar de fornecer. Pedimos então calma e cautela para a comunidade, principalmente bom senso, não precisa estar correndo para os supermercados e fazer grandes estoques, não vai faltar produtos nas prateleiras, obviamente que pode acontecer uma ruptura momentânea devido todo esse movimento, mas as pessoas podem ficar tranquilas que não faltará produtos”, afirmou ele.

Paulo também ressaltou que a comunidade se atente a validade dos produtos. “É importante frisar que todos os produtos tem prazo de validade, qualquer produto que você comprar tem prazo, inclusive produtos de limpeza, quando a pessoa estoca muito ela corre o risco de lá na frente ter que desperdiçar e jogar esse produto fora”, destacou o presidente.

Limitações de vendas

Questionado sobre uma possível limitação na venda dos produtos, Paulo explica que ainda não há necessidade, somente no álcool gel, que está em falta no mercado pelo fato da indústria não dar conta da demanda. “Recebemos a informação que poderá haver limitações de vendas se os supermercados assim entenderem, principalmente o álcool gel, porque ele é importante, assim todos poderão ter acesso, tendo em vista que algumas pessoas compram um grande volume e outras ficam sem. Por enquanto nenhum outro item temos essa limitação, mas vamos ver o andar das coisas e quem sabe alguns itens poderão ser limitados com o passar dos dias”.

Aumento de preço

A reportagem conversou com o presidente sobre os aumentos nos valores de vendas. Ele frisou que a orientação da Associação é de que os estabelecimentos não tomem essa medida. “Estamos orientando desde a semana passada já recomendando a questão do aumento nos preços, mandamos uma carta de recomendação aos nossos associados para não majorar os preços. Quero que fique registrado que a Associação repudia esse tipo de atitude, não é o momento, precisamos estar unidos nesse momento de crise, então não é aceitável que isso aconteça e se o consumidor se sentir lesado, ele deve procurar os órgão competentes”, finalizou Paulo.

Confira a entrevista em áudio com o presidente

:

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

500 mil kits de teste rápido chegam ao Brasil

O primeiro lote com 500 mil kits de testes rápidos para o novo coronavírus, comprados pela empresa Vale, já chegaram ao Brasil. A remessa vinda da China desembarcou no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na tarde de ontem (30) e foi encaminhada para o centro de logística do Ministério da Saúde na capital paulista. A Vale fechou a compra de 5 milhões de kits para a verificação de...
Continuar lendo...

Alimentos em depósitos nas escolas podem ser destinados aos estudantes

O Ministério da Educação (MEC) informou na manhã desta quinta-feira (26), a busca por alternativas, em conjunto com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), para destinar os alimentos em depósito nas escolas públicas aos estudantes com aulas suspensas por conta do coronavírus Em constante diálogo, o MEC e o...
Continuar lendo...

Governo do Estado determina medidas para retomada das obras públicas e de conservação rodoviária

As obras públicas de infraestrutura e os contratos de conserva rodoviária começam a ser retomadas em Santa Catarina a partir desta quinta-feira, 26, conforme portaria 191/2020, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), publicada no Diário Oficial do Estado de 25 de março de 2020. A portaria 191 também prevê o funcionamento das atividades de suporte e a disponibilização de insumos exclusivamente para as obras...
Continuar lendo...