Santa Catarina registra cinco casos de Coronavírus

Santa Catarina contabiliza cinco casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19). Eles foram detectados em Joinville (1), Florianópolis (2) e Rancho Queimado (2). De acordo com o setor de saúde do governo do estado, 85 outros suspeitos estão em análise e 39 foram descartados.

Os dois em Rancho Queimado são de pessoas que têm histórico de viagens ao exterior. Eles estão em casa, sob quarentena.

“São pacientes idosos, que são da região. O mais importante é que as ações de estado direcionam-se para desencadear ações de contingencia e analisar o cenário atual. O que tínhamos ontem não é o que temos hoje”, comenta o secretário de estado da Saúde, Elton Zefferino da Silva.

O governo do estado reafirmou que não há nenhuma medida extrema, como fechamento ou isolamento de municípios. Visitas íntimas no sistema prisional e viagens das equipes do governo estão suspensas por ora. As aulas na rede estadual seguem normalmente.

MEDIDAS DE PREVENÇÃO, SEGUNDO O MINISTÉRIO DA SAÚDE

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar bem as mãos (dedos, unhas, punho, palma e dorso) com água e sabão, e, de preferência, utilizar toalhas de papel para secá-las.

Além do sabão, outro produto indicado para higienizar as mãos é o álcool gel, que também serve para limpar objetos como telefones, teclados, cadeiras, maçanetas, etc. Para a limpeza doméstica recomenda-se a utilização dos produtos usuais, dando preferência para o uso da água sanitária (em uma solução de uma parte de água sanitária para 9 partes de água) para desinfetar superfícies.

Utilizar lenço descartável para higiene nasal é outra medida de prevenção importante. Deve-se cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Também é necessário evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

Para a higienização das louças e roupas, recomenda-se a utilização de detergentes próprios para cada um dos casos. Destacando que é importante separar roupas e roupas de cama de pessoas infectadas para que seja feita a higienização à parte. Caso não haja a possibilidade de fazer a lavagem destas roupas imediatamente, a recomendação é que elas sejam armazenadas em sacos de lixo plástico até que seja possível lavar.

Além disso, as máscaras faciais descartáveis devem ser utilizadas por profissionais da saúde, cuidadores de idosos, mães que estão amamentando e pessoas diagnosticadas com o coronavírus. Também é importante que as pessoas comprem antecipadamente e tenham em suas residências medicamentos para a redução da febre, como ibuprofeno e paracetamol, controle da tosse, como xaropes e pastilhas, além de medicamentos de uso contínuo.

Produtos de higiene também devem ser comprados e armazenados como uma medida de prevenção. No caso das crianças, recomenda-se que os pais ou responsáveis, adquiram fraldas e outro produtos em uma maior quantidade para que se evite aglomerações em supermercados e farmácias.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Comerciantes estão consultando mais SPC e Serasa em Brusque

Levantamento feito pela Câmara dos Dirigentes Lojistas de Brusque (CDL) mostra que o comerciante da cidade está cauteloso quanto às vendas a prazo. Isso ficou demonstrado pela crescente procura pelo serviço de SPC oferecido pela entidade aos associados. O sistema faz pesquisa sobre restrições no CPF do cliente em virtude de dívidas não pagas. De acordo com o presidente da CDL, Fabricio Zen, os números mostram que o...
Continuar lendo...

Prefeitura confirma segundo caso de Coronavirus em Brusque

O Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (LACEN) confirmou oficialmente no começo da tarde deste sábado (28) o segundo caso positivo do COVID-19 em  Brusque. Segundo as primeiras informações uma mulher de 20 anos procurou atendimento médico no Hospital Azambuja no dia 22 de março. No dia 24, precisou ser internada onde foi realizada coleta de amostras enviadas ao LACEN. A paciente tem histórico de...
Continuar lendo...

Governo torna obrigatório o uso de máscara por funcionários de empresas que atendem ao público

Os funcionários de empresas que trabalham com atendimento ao público e estão com a atividade permitida pelo Governo do Estado com regramento agora devem, obrigatoriamente, utilizar máscara de tecido. A medida consta em portaria publicada na noite de quinta-feira (09), pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), que atua no enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus em Santa Catarina. "Não faz...
Continuar lendo...