Jersinho Testoni: "As vezes, o máximo não traz a vitória, mas esse grupo tem muita credibilidade"

A equipe do Brusque FC vem se mantendo no topo da tabela do Campeonato Catarinense, devido ao seu bom desenvolvimento dentro dos campos. Hoje, apesar do empate de 1x1 contra o Concórdia, o time se mantém em primeiro lugar com 17 pontos, totalizados pelas cinco vitórias, dois empates e uma derrota contra o Marcílio Dias em janeiro. O técnico, Jerson Testoni, mais conhecido como Jersinho, em entrevista à Rádio Cidade comentou sobre o jogo e desempenho do time.   

O técnico elogiou o empenho da equipe no primeiro tempo, mas assumiu a baixa no ritmo na segunda parte do jogo. “No segundo tempo a performance foi um pouco a baixo mesmo. O time não voltou bem, a gente fez as trocas, não conseguimos dar o gás esperado, para dar o ritmo pelo menos. No final, tivemos algumas oportunidades ainda, mas não conseguimos converter em gol.” Afirmou ele.

Todavia, apesar de lamentar o resultado, Jersinho também se mostrou feliz pelo ponto que manteve o Brusque em primeiro lugar no Campeonato Catarinense, uma competição difícil, segundo ele. Um exemplo citado sobre a dificuldade das partidas, foi o time Marcílio Dias. A equipe começou a tarde abrindo a liderança, mas teve empate de 0x0 no final da partida contra o Atlético Tubarão.

Jersinho, ainda falou sobre a conversa com o time ao fim do jogo. “Primeiramente, eu dei os parabéns para minha equipe, porque todos deram o máximo. As vezes, o máximo não traz a vitória, mas esse grupo tem muita credibilidade. O futebol tem dessas situações. Fizemos o primeiro tempo muito bom e o segundo tempo foi abaixo, mas futebol tem dias” explicou ele.

O técnico também foi questionado sobre a escolha de colocar o jogador Baianinho no início do segundo tempo, já que o meia tinha feito apenas 30 minutos no campeonato, em partida contra Juventus. “O Baianinho vinha treinando muito bem. Eu não coloco ou deixo de colocar jogador por causa de um jogo ou situação. É no dia a dia que ele me traz a confiança. Teve jogos que ele entrou e resolveu. Infelizmente, hoje não deu suporte, mas a responsabilidade é toda minha.” Enfatizou o técnico.

Jersinho finalizou falando sobre as futuras partidas do time. “Nosso objetivo agora é quinta. É um jogo decisivo. A gente tem grandes chances de fazer uma boa partida. Vamos nos concentrar e avaliar bem o adversário a partir de hoje.”  

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões