Imprevistos nas obras da Beira Rio

Após um mês de interdição na ponte Mário Olinger, mais conhecida como ponte dos Bombeiros, surgiram imprevistos nas obras da margem esquerda da Beira Rio, localizada no Centro de Brusque. A primeira dificuldade foi a tubulação, com parte em um terreno do Departamento de Administração da Infraestrutura (Deinfra), de jurisdição estadual.

O segundo imprevisto surgiu no último fim de semanal, após a queda de um poste de alta-tensão, também localizado em um terreno do Deinfra. Os dois problemas foram resolvidos após contato com a entidade para autorizações.

Devido as circunstâncias, as obras na cabeceira da ponte atrasaram em uma semana. Entretanto, o prazo continua de quatro meses para finalização das obras, como previsto inicialmente.   

 

Sobre o trânsito, a prefeitura pediu paciência à população brusquense, devido a alteração do sentido do tráfego em algumas vias. Ressaltou também, a importância destas reformas para a melhoria futura de Brusque.     

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões