De virada Brusque FC vence em Criciúma e é líder isolado do Catarinense

O Brusque FC foi até Criciúma neste domingo dia 1º de março e de virada venceu por 3 a 1 e assumiu a liderança isolada do Campeonato Catarinense. A partida que teve transmissão da Rádio Cidade foi realizada no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma.

Aos 10 minutos o Brusque FC chega pelo lado esquerdo e tem o primeiro escanteio na partida. Jogo bastante trucando, as duas equipes marcando mais que criando situações de gol. Aos 19 o Carlos Cesar do Criciúma leva perigo ao gol do Zé Carlos, um chute forte no canto direito para uma bela defesa do goleiro do Brusque. O Criciúma melhora na partida e  tem três chances seguidas de abrir o placar.

O jogo volta a ser equilibrado. Mas em uma oportunidade numa falta frontal, o Carlos César, aos 35 minutos abre o placar para o Criciúma. O Brusque FC vai em busca do empate, aos 42 minutos, Airton, em uma jogada pela esquerda invade a pequena área depois de um cruzamento longo e bate em gol para uma boa defesa do goleiro do Criciúma.  

No segundo tempo, aos 3 minutos com Edu o Brusque empata a partida. Depois de duas defesas do goleiro, a bola cai no pé de Edu, na pequena área, que marca  para o Brusque FC. Na busca de ampliar o Brusque é mais ataque. Aos 20 minutos, Marco Antônio, no chute de longe, a bola desvia no Vitão, e entra, ampliando o placar para o Brusque FC. Já no final da segunda, em um contra-ataque o Brusque fecha o placar com Edu, em um chute de fora da área no canto direito do goleiro do Criciúma.

O Brusque volta a campo pelo Catarinense, no domingo (08) no estádio Augusto Bauer a partir das 16 horas contra o Concórdia. 

CRICIÚMA X BRUSQUE

Brusque FC: Zé Carlos, Gustavo Henrique, Ianson, Everton Alemão, Airton, Rodolfo Potiguar, Zé Matheus, Alex Sandro (Dandan), Thiago Alagoano, Marco Antônio e Edu (Cleyton). Técnico, Jerson Testoni, o Jersinho.

Criciúma: Paulo Gianezini, Carlos César, Rodrigo Milanez, Vitão, Bruno Oliveira, Christofer ( Taylon), Adenilson, Foguinho, Léo Ceará, Daniel Cruz, João (Jajá). Técnico, Roberto Cavalo

Arbitragem: Heber Roberto Lopes assistido por Kleber Lucio Gil, Eli Alves Sviderski

Público: 3570

Renda: R$ 54, 145

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões