Professores da rede estadual em estado de greve

O magistério estadual catarinense esteve na tarde de ontem, terça-feira (18) reunido em assembleia estadual para deliberar os rumos da luta pela campanha salarial 2020, que tem como pauta os reajustes do Piso de 2019 (4,17%) e 2020 (12,84) na carreira, reajuste do vale alimentação para R$24,00 (atualmente R$12,00), desde 2011 sem qualquer aumento, e contra a reforma da previdência do comandante Moisés. O governo do estado, representado pelo Secretário de Educação Natalino Uggioni, apresentou uma proposta vergonhosa a categoria: 3,14% parcelado (maio e novembro), o que volta a compactar a carreira, já achatada, do magistério.

O Sinte-SC apresentou tal proposição na assembleia que indignada, por unanimidade, deliberou estado de greve. A próxima assembleia já está agendada para o dia 18 de março, quando o magistério irá deflagrar a greve, caso o governo não atenda as reivindicações do reajuste do Piso na carreira. O Sinte reafirma que o Comandante Moisés continua fora da Lei, ao não pagar o Piso na carreira aos trabalhadores em educação.

A partir de agora o trabalho será de conscientização e mobilização da categoria por todo estado, através de visitas as escolas, atos e campanhas realizadas pelo Sinte estadual e regionais, na construção da greve e da luta por valorização e respeito ao magistério. O objetivo é fazer o governo reconhecer o que deve, e quitar sua dívida de 17,54% com o magistério catarinense.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Portaria regulamentará quantidade de funcionários para manutenção de serviços essenciais

O Governo do Estado publicará nesta segunda-feira (23) uma portaria que regulamentará a quantidade de funcionários mínima necessária para a manutenção dos serviços essenciais em Santa Catarina. A informação foi confirmada pelo governador Carlos Moisés em pronunciamento por vídeo na noite deste domingo, 22. O chefe do Executivo estadual também informou que um novo decreto será publicado nesta...
Continuar lendo...

Empresa aplica golpe para vender cursos

A Polícia Militar foi acionada nesta terça-feira (03), por volta das 20h10, na Rua Alexandre Gevaerd, no Centro. O suspeito alegava ter alugado a sala de um hotel para dar palestras para ensinar as pessoas presentes com uso de apresentações da plataforma virtual EAD. Para ter acesso ao ensino, os interessados teriam de pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ 49,90, sendo possível o pagamento em dinheiro, boleto ou cartão.  A...
Continuar lendo...

Casos de Covid-19 sobem 11% em SC e somam 219

Santa Catarina tem 219 casos confirmados e uma morte por Covid-19, conforme boletim divulgado pelo governador Carlos Moisés em coletiva de imprensa neste segunda-feira (30). O número representa um acréscimo de 11% em relação ao balanço apresentado no domingo. Desse total, há 20 pacientes internados em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Ao todo, 39 municípios possuem casos confirmados da doença. No boletim atualizado,...
Continuar lendo...