Homem é preso tentando sacar R$96 mil com documentos falsos

A polícia civil, por meio do Setor de investigação e Capturas (SIC) prendeu em flagrante na tarde desta terça-feira (18) um homem tentando sacar R$96.000,00 reais em uma agência bancária no centro da cidade, utilizando documentos falsos.

Os policiais juntamente com representantes do banco estavam monitorando o suspeito já há alguns dias e na tarde de hoje lograram êxito em sua prisão. Já na delegacia, foi constatado que o indivíduo tinha em seu desfavor mandado de prisão ativo oriundo da comarca de Tubarão pelo delito de estelionato.

Após os procedimentos legais o homem foi encaminhado à Unidade Prisional Avançada de Brusque, onde aguardará pela audiência de custódia.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Estudantes e professores universitários produzem em casa máscaras com tecnologia 3D

As universidades catarinenses paralisaram as atividades como medida para evitar a propagação da Covid-19. Mas nem por isso alunos e professores deixaram de trabalhar ou elaborar soluções para o combate à pandemia. É o que tem feito Gabriela Chicarelli, estudante de Design de Produto da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Desde a última segunda-feira (23), junto com colegas e professores, a jovem está imprimindo com tecnologia 3D...
Continuar lendo...

Brusque FC supera o Brasil no primeiro jogo em Pelotas

Bruscão venceu o primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil, em Pelotas.  Nesta quinta-feira, 12, o quadricolor do Vale visitou o Brasil no Estádio Bento Freitas, em Pelotas, pela terceira fase, e venceu pelo placar de 1 a 0. Thiago Alagoano marcou no primeiro tempo. Foi um início de jogo equilibrado até os 20 minutos. Na segunda parte do primeiro tempo a equipe de Jersinho Testoni cresceu na partida e criou várias oportunidades até marcar...
Continuar lendo...

ABI propõe a governos distribuição de ‘sopões’ aos necessitados

Com o surto do Covid-19 e a necessidade de as pessoas ficarem em casa para controle do vírus, a população em situação de rua, em si já vulnerável, fica inteiramente desprotegida. Nesse quadro, é preciso ir além das medidas econômicas de apoio aos mais pobres, que já vêm sendo aprovadas no Congresso, e desenvolver outras iniciativas para enfrentar o problema de forma rápida e desburocratizada. Por...
Continuar lendo...