Brusque FC vence e volta a liderança do Catarinense 2020

Em uma partida bastante equilibrada, com várias chances para os dois times, o Brusque venceu o Juventus por 1 a 0 na noite deste domingo (16) no estádio Augusto Bauer e reassumiu a liderança do Campeonato Catarinense. Na primeira etapa, o Brusque iniciou propondo o jogo, sempre em velocidade e pelas laterais, jogadas que geralmente foram afastadas pela defensiva do Juventus.

As melhores chances vieram de finalizações com a perna esquerda. Na primeira, Thiago Alagoano arriscou após dominar a bola, que foi à direita da meta. Depois, Edu ajeitou a bola e chutou forte com a perna esquerda para bela defesa de Assis. Já o Juventus foi o responsável por dois sustos ao Brusque. Primeiro, em finalização de cabeça que obrigou bela defesa de Zé Carlos. Depois, em jogada rápida, Itinga ficou com o gol livre, mas a finalização foi parada por Ianson, já quase na linha da trave.

No retorno do intervalo, as duas equipes continuavam a tentar as finalizações, e impor cada um o seu ritmo de jogo. Porém, os chutes não surtiam efeito.

A partir das alterações que a vantagem do Brusque se construiu. Em bola trabalhada pela direita, Baianinho tocou por cima do goleiro, a bola bateu no travessão e sobrou nos pés de Dandan, que completou para o fundo das redes. Após o gol, o Juventus tentou buscar o empate, e por várias vezes assustou a meta de Zé Carlos. Na principal delas, Marllon cobrou falta no ângulo esquerdo e Zé Carlos fez boa defesa para garantir a vitória.

O próximo compromisso do Brusque será pela Copa do Brasil. Na quinta-feira (20), a equipe recebe o Remo, pela segunda fase da competição nacional.

Ficha técnica

Brusque: Zé Carlos, Zé Matheus, Ianson, Everton Alemão, Airton (Amarelo), Rodolfo Potiguar (Emerson Martins), Ruan (Amarelo) (Baianinho), Marco Antônio (Dandan), Thiago Alagoano, Alex Sandro, Edu. Técnico, Jerson Testoni, o Jersinho.

Juventus: Assis, Felipe Gregório, Rogélio (Amarelo), Ronald, Luiz Henrique, Fabinho (João Vitor), Marcos Moser (Amarelo), Marllon, Túlio Renan (Lucas Gadelha), Denner (Amarelo) (Guilherme), Itinga. Técnico, Jorginho

Arbitragem: Fernando Henrique De Medeiros Miranda assistido por Johnny Barros De Oliveira e Andre Eduardo Da Silveira

Público: 2243 

Renda: R$ 29, 860

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões