Brusque está entre as 12 cidades com maior índice de HIV em SC

Os foliões que se preparam para pular o Carnaval deste ano já podem ir até a unidade de saúde mais próxima de casa para buscar, gratuitamente, camisinhas masculinas e femininas. O Ministério da Saúde já começou a distribuir os 128,6 milhões de preservativos adquiridos para garantir a proteção de quem participa da festa. Até o início do período de Carnaval todos os estados do país estarão abastecidos. São 125,1 milhões de camisinhas masculinas e 3,4 milhões femininas, além de 8,9 milhões de unidades de gel lubrificante.

Quando se trata de saúde pública, o preservativo é o meio de prevenção mais eficaz no controle de Infecções Sexualmente Transmissíveis.

Aqui em Brusque não é diferente. Independente de participar ou não da folia de carnaval, a prevenção contra doença ainda é o melhor remédio, conforme explica Camila Gili, farmacêutica do Serviço de Assistência Especializado do município.

“Hoje disponibilizamos os testes rápidos para identificar a doença no paciente em todas as Unidades Básicas de Saúde, e se a pessoa tiver receio, medo, também existe um meio de realizar o teste em casa. Mas o importante é buscar saber. Os preservativos também são oferecidos gratuitamente é só vir buscar.”

Brusque está entre as doze cidades do estado com maior índice do vírus HIV. A orientação é que independente de se ter um parceiro fixo, ou seja, uma relação estável, se faça periodicamente o exame capaz de identificar a presença ou não do vírus.

“Pelo menos uma vez por ano, todas as pessoas que têm relação sexual deveriam realizar o teste rápido, enfatiza a enfermeira do SAE.”

As infecções transmitidas por relação sexual são causadas por mais de 30 vírus e bactérias através do contato, sem o uso de camisinha, com uma pessoa que esteja infectada. Desta forma, abrir mão do uso do preservativo nas relações expõe a pessoa e os parceiros com as quais ela se relaciona. Por isso, o Ministério da Saúde reforça constantemente a necessidade de proteção, incentivando o uso de camisinha, principalmente durante o Carnaval.

Com o avanço da medicina, hoje as pessoas infectadas pelo vírus do HIV que realizam o tratamento de forma correta já não transmite mais a doença para outras pessoas. Os conhecidos coquetéis mudaram, o paciente toma no máximo dois comprimidos diários e podem viver tranquilamente com a mesma expectativa de vida de uma pessoa não portadora.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

12 milhões precisam refazer cadastro no auxílio emergencial

Pelo menos 12,4 milhões de brasileiros que pediram o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras) devem refazer o cadastro no aplicativo do programa ou no site auxilio.caixa.gov.br, disse ontem, segunda-feira (4) o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Segundo ele, este é o total de inscritos que tiveram o cadastro classificado como inconclusivo, porque as informações não puderam ser...
Continuar lendo...

Samu auxilia gestante após parto em UBS, na cidade de Botuverá

Na tarde desta quarta-feira (25) por volta 13h30 o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para atendimento a uma gestante de 39 semanas de gestação em trabalho de parto na Unidade de Saúde do Centro de Botuverá. Na chegada da equipe, o parto já havia ocorrido, tendo sido realizado pela equipe da Unidade. Mãe e bebê receberam os primeiros cuidados e após procedimentos foram conduzidos pelo Samu...
Continuar lendo...

Número de casos de coronavírus em Brusque segue estabilizado

A cidade de Brusque segue com números estabilizados de casos de coronavírus entre o sábado (4) e domingo (5). De acordo com o novo boletim epidemiológico, divulgado pela Secretaria da Saúde, por meio da Vigilância em Saúde, o município se mantém com 659 casos positivos da Covid-19. Entre eles, mais da metade, 360, já estão recuperados, enquanto 299 pessoas ainda estão com o vírus ativo. Até o...
Continuar lendo...