PF apreende quase duas toneladas de cocaína

Nesta quinta-feira (13,) policiais civis da Divisão de Investigação Criminal de Brusque e da Delegacia de Polícia da Comarca de Brusque prestaram apoio a Polícia Federal durante cumprimento de mandado de busca e apreensão no bairro Limeira, município de Brusque. A Operação NARCOS, tem por objetivo desmantelar organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e armas.

Durante a investigação conduzida pela PF se verificou que o grupo trazia drogas da Bolívia para revenda no mercado interno e envio para outros países por meio de aeronaves, utilizando-se de pequenos aeródromos localizado em diversos estados do Brasil. Quase duas toneladas de cocaína foram apreendidas durante a investigação, bem como 12 aeronaves, o que resultou na prisão em flagrante de alguns integrantes do grupo, tendo, inclusive, um dos seus líderes sido preso em meados de 2019 no Pará.

A apuração colheu fortes indícios de que a quadrilha fazia parte de uma facção criminosa e também atuava no contrabando de armas de calibre restrito. Ao todo foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de prisão em endereços nos Estados de Santa Catarina (Balneário Camboriú, Bombinhas, Brusque, Canelinha, Florianópolis, Itapema e Porto Belo), Bahia (Eunápolis e Porto Seguro), Minas Gerais (Governador Valadares), Espírito Santo (Linhares) e Rio Grande do Sul (Canoas). Por suas condutas, os investigados poderão ser indiciados pela prática dos crimes de tráfico de drogas (art. 33 da Lei nº 11.343/2006), associação para o tráfico (art. 35 da Lei nº 11.343/2006), organização criminosa (art. 2º da Lei nº 12.850/2013) e de lavagem de dinheiro (Lei 9.613/98), cujas penas somadas podem ultrapassar 30 anos.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões