Polícia Civil prende suspeitos por esquema de fabricação e distribuição de drogas em SC

Operação conjunta entre as polícias civis de Distrito Federal e Santa Catarina, resultou na prisão de três suspeitos em Itapema e um suspeito em Balneário Camboriú nesta terça-feira (11). A Operação Poseidon como é chamada, apura um suposto esquema de fabricação e distribuição de drogas entre SC e a região Central do país.

Além dos mandatos de prisão, os policiais cumpriram também oito mandatos de busca e apreensão no Estado, em Florianópolis, Balneário Camboriú, Itapema, São João Batista e Antônio Carlos na grande Florianópolis. Ao todo 25 policiais de SC participam do cumprimento de mandados, com o apoio de 18 policiais civis que vieram de Brasília.

Foram apreendidos celulares, uma quantidade ainda não contabilizada da dinheiro, uma pequena quantidade de maconha e duas armas, uma escopeta calibre 12 e uma pistola 380, além de munições.

Os presos serão transferidos para Brasília, onde seguem as investigações. Há suspeitas, ainda não confirmadas, de que eles atuem em uma facção criminosa.

Segundo o delegado Luís Felipe Fuentes, diretor da Diretoria Estadual de Investigações Criminais em SC, os crimes investigados incluem tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro. A Polícia Civil do Distrito Federal informou que há suspeitas de que os criminosos tenham adquirido imóveis no Estado com o dinheiro obtido pela comercialização dos entorpecentes, alguns deles avaliados em mais de R$ 1 milhão.

No total, foram expedidos 12 mandados de prisão e 17 de busca e apreensão. Cinco das prisões e oito das buscas são em Santa Catarina.

A suspeita é que parte do grupo que atuava em Santa Catarina era responsável pela produção e pelo fornecimento de drogas para os integrantes da organização no Distrito Federal. Conforme as investigações, os alvos mantinham laboratórios de drogas sintéticas como ecstasy e LSD nessas regiões e os traficantes revendiam os comprimidos em Brasília.

A Polícia Civil também informou que, em janeiro deste ano, o líder do grupo, morador de Santa Catarina, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) transportando 210 kg de cocaína no Estado.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Corregedor afirma que pedido de cassação não é de sua incumbência

A Corregedoria Geral da Câmara Municipal de Brusque remeteu à presidência da casa o pedido de abertura de processo de cassação de mandatos do prefeito, Jonas Oscar Paegle (PSB), e do vice-prefeito, Ari Vequi (MDB), protocolados pelo vereador Paulinho Sestrem (Patriotas). No documento, o vereador faz a solicitação sob acusação de que os dois teriam mentido ao inserir informações falsas no sistema do Ministério da...
Continuar lendo...

Pirola crítica coordenação regional de Defesa Civil

O vereador Jean Pirola (PP) soltou o verbo contra o governo do estado e críticos ao trabalho da Defesa Civil, bem como do governo municipal, durante os temporais do último final de semana. Um dos lados pela falta de sensibilidade em sequer autorizar o uso de um veículo para socorrer as pessoas afetadas e o outro por se esconderem atrás de celulares, computadores com crítica, mas não sair a campo para prestar auxílio. O caso mais revoltante,...
Continuar lendo...

Óbitos por afogamento em SC chegam a 45

Boletim de balanço da Operação Verão do Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina divulgado na sexta-feira já soma 45 óbitos por afogamento no Estado durante o período de 12 de dezembro de 2019 até 09 de fevereiro de 2020. Neste período foram realizados 2.175 salvamentos e resgates, 379 ocorrências atendidas pelo Arcanjo, 4.308 formado no Projeto Golfinho, e realizadas 4.232.600 prevenções. Lesões...
Continuar lendo...