Menino de 3 anos cai da escada e morre a caminho do hospital

Na madrugada desta quarta-feira (5), um menino de três anos de idade chegou sem vida ao Hospital em Camboriú.

O padrasto do garoto disse que estava na cozinha da casa lavando louça, quando ouviu um barulho, em seguida viu o menino caído de barriga para cima com sangramento na boca. A criança teria caído de uma escada.

A Polícia Militar foi acionada pelo hospital, já que a criança apresentava hematomas pelo corpo e já estava sem vida.

A Polícia Civil informou que vai instaurar um inquérito, durante a tarde de hoje, para investigar as circunstâncias da morte da criança. O delegado Ricardo Labes, que ficará responsável pelo caso, informou que o procedimento é praxe em situações como essa.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Macaco é encontrado morto no bairro Limeira Alta

A Vigilância em Saúde de Brusque foi acionada por moradores do bairro Limeira Alta, onde foi encontrado mais um macaco morto. No local foi identificado apenas o esqueleto do animal, o que impede que seja feita análise e identifique se o primata morreu por febre amarela. A equipe voltará ao local nos próximos dias para fazer buscas nas proximidades. “O objetivo é averiguar se há algum outro animal morto na redondeza, num raio de 300...
Continuar lendo...

Polícia realiza ação na tentativa de identificar criminosos envolvidos em furtos

Na tarde desta quinta-feira (13) a Polícia Militar de Brusque deteve um homem em uma Rua transversal da Felipe Schmidt no centro que ao perceber a presença da guarnição entrou em fuga. Ele é suspeito de diversos furtos em veículos estacionados próximo a Escola Sesi no Jardim Maluche. A suspeita é que ele através do método conhecido como Chapolin, ou seja, quando o proprietário trava o carro, o mecanismo consegue copiar o código de destravamento do carro e assim realiza o furto no...
Continuar lendo...

Pentavalente está em falta em Brusque

A Secretaria de Saúde de Brusque informa que a vacina pentavalente, que imuniza contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e a bactéria Haemophilus influenza tipo B, está novamente em falta, devido a problemas de distribuição do Ministério da Saúde. No mês de janeiro, o município recebeu 490 doses da vacina, porém o estoque já chegou ao final. Algumas Unidades Básicas de Saúde possuem alguns...
Continuar lendo...