Diretor do Procon explica sobre casos de boletos vencidos e bancos

Volnei Montibeller, diretor do Procon de Brusque. Foi o entrevistado desta quarta-feira (5) do programa Rádio Revista Cidade, da Rádio Cidade. Entre vários assuntos abordados por ele, um em especial foi o que trata do pagamento de boletos bancários em qualquer agência e não mais somente na que emitiu o mesmo.

Segundo Montibeller, esse tipo de reclamação é rara de chegar ao órgão. Há uma série de fatores que influenciam n momento do pagamento e a recusa dos bancos.

“São casos bem esporádicos. Cada situação é muito singular. Valor do boleto influencia, se o consumidor é correntista daquele banco, se vai pagar no cartão ou dinheiro. (...) Tudo dependente do momento. Já teve caso de consumidor estar dentro do banco e me perguntar e aí teve de saber que tipo de caso era”, pontua ele. Ainda de acordo com o diretor do Procon, não há limite mínimo para os pagamentos e, sim, máximo.

Montibeller afirma que a única regra clara em relação a esse tema é que se o consumidor é correntista ou cliente de determinados banco e vai na agência pagar um boleto emitido pelo mesmo banco, este não pode recusar o recebimento.

“Sou correntista da Caixa, por exemplo, e chego lá para pagar um boleto vencido da Caixa, eles não podem negar o recebimento. Se eu vou lá com um boleto vencido do Bradesco, eles podem negar”, frisa ele.

A prática é bem comum. Os bancos forçam o cliente a utilizar os sistemas de autoatendimento, comenta Montibeller, como caixas eletrônicos e correspondentes em casas lotérica e outros estabelecimentos comerciais.

Em Brusque, há uma lei municipal que obriga os bancos a atenderem o cliente nos caixas em até 20 minutos. O diretor do Procon afirma que a fiscalização para que isso seja cumprido tem sid bastante difícil, devido à quantidade de fiscais que o órgão possui. Atualmente, o Procon possui apena sum profissional que realiza este tipo de serviço.

Postos de combustíveis

Frequentemente, o preço dos combustíveis coloca o Procon na mira das críticas e cobranças por parte de muitas pessoas. Sobre isso, Montibeller afirma que o órgão não tem como intervir. Principalmente em relação ao preço, pois é uma questão de livre mercado e concorrência. Exceto se for quanto à qualidade do produto oferecido nas bombas.

No cargo de diretor do Procon desde junho de 21018, Montibeller aponta que o órgão passa por reforma e ampliação, para poder dar melhor atendimento a quem procura os serviços.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Conforme o vereador Cristiano o TCE deverá definir nesta quarta-feira a questão da água em Guabiruba

A segunda sessão do ano da Câmara de Vereadores de Guabiruba realizada na noite desta terça-feira (11) mais uma vez foi pautada pela qualidade da água. Dessa vez a discussão foi focada nos investimentos que deverão ser feitos após a empresa assumir. Lembrando que há um impasse, pois a empresa vencedora ainda não pode assumir pois houve uma contestação do edital e há 10 meses o processo está no Tribunal de...
Continuar lendo...

Busto de Araújo Brusque passa por restauro

Após passar por uma completa restauração, o busto de homenagem ao conselheiro Francisco Carlos de Araújo Brusque, localizado na praça Sesquicentenário, foi devolvido ao local, nesta quinta-feira (13). O responsável pelo trabalho foi o escultor Karl Guenther Theichmann, que restaurou as obras do Parque das Esculturas. Foram necessários cerca de 30 dias para conclusão do serviço. “Temos trabalhado para deixar nossa...
Continuar lendo...

Plano para alavancar o turismo no município foi discutido em reuião

Representantes do poder público e da iniciativa privada reuniram-se na tarde desta quarta-feira (12), no auditório da Unifebe, para debater o cenário do turismo de Brusque e elaborar o Plano Municipal de Turismo da cidade. Cerca de 40 pessoas estiveram presentes no evento, onde foi apresentado o diagnóstico do turismo local, a partir de um estudo realizado em parceria com o Sebrae. De acordo com o levantamento, os principais aspectos da oferta turística de...
Continuar lendo...