Santa Catarina tem dois casos confirmados de febre amarela

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirma o segundo caso de febre amarela em humano neste ano. O paciente está internado no Hospital Nereu Ramos, em Florianópolis, unidade referência de infectologia em Santa Catarina. O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC) confirmou o diagnóstico para a doença no último domingo, dia 2.

O homem de 40 anos é morador de Jaraguá do Sul, no Planalto Norte do estado, e não tem registro de vacina no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI).

O primeiro paciente diagnosticado com febre amarela neste ano, no dia 24 de janeiro, também permanece internado no mesmo hospital. Ele tem 47 anos e é morador do município de São Bento do Sul, Planalto Norte, também sem registro de vacina no sistema. Em 2019, o estado registrou duas mortes em humanos por conta da doença.

A febre amarela é uma doença grave, transmitida por mosquitos em áreas silvestres e próximas de matas. A vacinação é a melhor forma de se proteger da doença. A dose é gratuita. Até o momento, a cobertura vacinal do Estado está em 84%, abaixo do que é recomendado pelo Ministério da Saúde, que é de vacinar pelo menos 95% do público-alvo.

“Por isso, reforçamos que todas as pessoas com mais de nove meses, que ainda não receberam a vacina, precisam procurar uma unidade de saúde para se proteger. A vacinação é essencial, sobretudo para as pessoas que residem nos locais onde estão acontecendo as mortes dos macacos” afirma João Fuck, gerente de zoonoses da SES.

Mortes de macacos

A SES também confirmou nesta segunda-feira, 3, mais dois macacos mortos por febre amarela. Os bugios foram localizados em Corupá, no dia 26 de dezembro de 2019, e em Blumenau, no dia 7 de janeiro deste ano.

No total, foram contabilizadas nove mortes de macacos por febre amarela em 2019 (Garuva, Joinville, Indaial, Jaraguá do Sul, São Bento do Sul e Corupá) e dois animais diagnosticados com a doença em 2020 (Blumenau e Pomerode).

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Corpo de homem desaparecido é encontrado na região do Engenho no bairro Zantão

O corpo de um homem de 33 anos foi encontrado por volta das 11h deste sábado (14), em uma propriedade localizada na rua do Engenho no bairro Zantão. A vítima identificada como Francisco de Assis Ribeiro de Lima (33), conhecido como "Chicão", natural da cidade de Cândido de Abreu (PR), estava desaparecido deste quinta-feita (12). Um familiar informou a nossa reportagem que ele enfrentava problemas de saúde, além de problemas com...
Continuar lendo...

Morre Zeno Heinig, ex-secretário da Fazenda de Brusque

O empresário, bancário, vice-prefeito e ex-secretário da Fazenda de Brusque, Zeno Heinig, faleceu na tarde deste domingo (5), vítima de um infarto. Ele chegou a ser hospitalizado, mas não resistiu. Formado em contabilidade em 1956, o brusquense teve seu primeiro emprego no banco Inco, no qual permaneceu por seis anos, até receber uma nova proposta na Indústria de Conservas Kormann, onde trabalhou por oito anos. Em 1968 iniciou uma nova fase...
Continuar lendo...

Governador planeja retomada gradativa da atividade econômica e projeta 713 novos leitos de UTI

O governador Carlos Moisés informou que o Governo de Santa Catarina já tem um planejamento para a retomada da atividade econômica. As ações serão gradativas, conforme ocorra uma evolução controlada do número de casos de coronavírus no estado. O objetivo é adequar as medidas de isolamento à necessidade dos catarinenses com segurança. Ao mesmo tempo, o Estado pretende ampliar em 713 os leitos de UTI nos...
Continuar lendo...