Polícia confirma morte de Fernando Bellotto

Na tarde desta quarta-feira (29) a polícia confirmou a morte de um apenado na cela, trata-se de Fernando Bellotto. Não foi divulgado ainda as causas da morte. Bellotto foi preso no mês de agosto do ano de 2017 por posse de drogas.

Na época em uma ação que contou com a participação das policias de Brusque, Guabiruba e São João Batista, terminou com o cumprimento de vários mandados de busca em residências de Guabiruba.

Em uma das residências em que estiveram os policiais, eles encontraram na época 3,4 kg de maconha, o que resultou na autuação em flagrante de Fernando Beloto pelo crime de tráfico de drogas. Bellotto também foi condenado em 2017 por homicídio. O crime ocorreu no dia 18 de maio de 2017, entre os municípios de Guabiruba e Gaspar. A vítima, Darlei Laureth Alves (21), morador do bairro Pomerânia em Guabiruba, era natural do Paraguai.

O corpo estava dentro de um saco com as mãos amarradas. Fernando Ricelli Belotto confessou a morte de Darlei na época. Ele foi condenado à pena de 10 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado por crime de homicídio triplamente qualificado, pelo motivo fútil, meio cruel e recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima Darlei Laureth Alves, com a agravante de ter promovido o crime, além do delito de ocultação de cadáver. 

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões