Ponte dos Bombeiros será interditada a partir desta sexta-feira, 31 de janeiro

Na tarde desta terça-feira (28) no Gabinete do Prefeito foi anunciada data de interdição da ponte Mário Olinger, ou a ponte dos Bombeiros. Em coletiva com a imprensa, o Poder executivo e empresa responsável pelas obras trouxeram informações. A interdição acontecerá na sexta-feira (31). A medida é necessária por conta das obras da Beira Rio Margem Esquerda.

O prefeito, Jonas Paegle, destacou a importância da obra para o município. “Teremos problemas por alguns meses, mas isso poderá e vai favorecer a nossa comunidade no futuro. Ouvimos muitas situações em outros estados em que as cheias causam prejuízos, tira a vida das pessoas e nós precisamos pensar nisso, e buscar evitar que isso aconteça aqui, teremos com a obra um melhor mobilidade, mas também teremos benefícios em casos de cheias”.

Presente também no encontro com a imprensa, o vice-prefeito, Ari Vequi, pediu para a comunidade pense nos benefícios da obra depois de pronta. “Vai ser uma obra que vai servir para mobilidade, mas também vai dar maior vazão ao Rio Itajaí Mirim. Pedimos a compreensão, é um trabalho que levará quatro meses. Nosso trânsito já é complicado nos horários de pico. Como canal extravasor, ela vai dar no momento das cheias, uma grande redução no nível do rio. Sabemos dos transtornos, mas ele será passageiro e os benefícios serão pra toda a vida”, declarou Vequi.

Prazo da obra:

De acordo com o engenheiro civil da Pacopedra, Cristian Fuchs, uma das empresas que compõem o consórcio, a obra é complexa por diferentes fatores. “Nós temos uma rede d’agua de 400 ml, temos uma rede de grande diâmetro da Rio Vivo, drenagem, parte da telefonia, Celesc, tudo naquela região, e claro o trânsito, sabemos da circulação intensa naquele ponto, e essa interdição vai impactar no trânsito, mas é necessário, sabemos que depois isso vai gerar um melhora na vida da comunidade”, explica ele.

O prazo de interrupção será de quatro meses. Cristian afirma que esse tempo pode variar. “Tudo vai depender das interferências, de como vamos conseguir solucionar esses impasses, bem como a questão climática. Mas desde novembro estamos trabalhando na execução de estruturas possíveis, compra de materiais, adiantando o máximo possível, para que a interrupção seja de menor tempo possível, claro que temos que respeitar os prazos da engenharia, para montar as estruturas, o concreto”, salientou o engenheiro.

A primeira etapa, em fevereiro, compreende os serviços de tapumes, relocação da drenagem pluvial existente, relocação da rede de esgoto industrial - Rio Vivo, relocação da rede de água potável 400 mm - Samae e escavação mecânica. Em março, serão realizados bloco de concreto, escavação mecânica, atirantamento do bloco de concreto, demolição de estrutura existente e pilares e vigas de apoio. Em abril, pilares e vigas de apoio, lançamento de vigas pré-moldadas, lançamento de pré-lajes, vigas transversinas e tabuleiro. A finalização desta etapa dos trabalhos se dará em maio, com tabuleiro, guarda corpo e pavimentação asfáltica.

Alterações no trânsito:

O diretor de Trânsito e Mobilidade, Renato Bianchi, explicou quais serão as mudanças na localidade. “Já estamos há 15 dias trabalhando na confecção de placas, nossa equipe está ser preparando para essa interrupção. O trabalho da Setran na madrugada de sexta para sábado, é impossível fazer isso durante o dia”.

Na Rua Barão do Rio Branco, terá acesso somente até a Rua do Centenário, onde será obrigado a convergir a esquerda, depois a direita, na Travessa Malossi, para ai acessar a Carlos Gracher, em direção à Avenida Otto Renaux, para acessar o bairro São Luiz, São Pedro, Steffen, Bateas, Blumenau, Gaspar, todo esse sentido.

No sentido contrário a ponte, que é onde se terá uma maior mudança, onde três vias se transformaram em mão única, que é a Rua Marcilio Dias, a Sete de Setembro e Rua Henrique Rosin. Então, na Sete de Setembro, em direção bairro/centro, quando o condutor chegar no cruzamento da Marcilio Dias, onde tem o posto RR, na vidraçaria, nesse ponto em direção a ponte ela vai se transformar em mão única, para vir ao centro, será obrigatório quebrar na Henrique Rosin, para acessar a Rodovia Antônio Heil, então todos esses acessos serão livres, para esse trânsito fluir. Então pedimos atenção dos condutores, que respeitem o limite de velocidade, que será em toda aquela localidade de 50km/h

Pedestre:

Uma ponte provisória será feita para pedestres e ciclistas. Mas Renato explica que isso só ocorrerá no decorrer das obras. “A construção da ponte provisória acontecerá no momento em que as obras avançarem e comprometerem a passagem de pedestre, por enquanto o acesso ainda estará acontecendo”.

Bianchi salienta que a passagem é somente para pedestres e ciclistas. “Pedimos aos motociclistas que respeitem essa situação. Até o ciclista se ele puder descer da bicicleta para passar empurrado, seria interessante, afinal ali será um canteiro de obras, todos temos que pensar na segurança”, frisou.

Orientação:

Nos primeiros dias em que as mudanças acontecerem, Renato explica que um trabalho de orientação será feito. “: “Nos pontos mais críticos teremos a Guarda de Transito fazendo a orientação, teremos também muitas placas sinalizando as direções. Pedimos a atenção dos condutores, é uma situação em que todos precisam colaborar”, concluiu.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Barateiro Havan Futsal segue de forma intensa os trabalhos para o calendário 2020

Com o propósito firmado, a equipe feminina do Barateiro Havan Futsal segue de forma intensa os trabalhos para o calendário esportivo 2020. A coordenadora da equipe, Carol Bezerra, em entrevista à Rádio Cidade destacou as ações do grupo e suas intenções nas competições. Ela explica que o projeto abrange um grande número de pessoas, começando pelas crianças. “Estamos com um trabalho forte, muito...
Continuar lendo...

"Não é só jogar, é a organização defensiva e, hoje, fizemos muito bem isso”

Para o técnico Jersinho Testoni, a vitória do Brusque Futebol Clube diante da Chapecoense, e na casa do adversário, na noite deste domingo (3) demonstra o sucesso da estratégia de fazer uma boa pré-temporada. Apesar do resultado e da boa sequência, o time precisa manter os pés no ser cauteloso para o restante da disputa, afirmou. “Trabalhamos bem, planejamos bem. Importante passar confiança na sequência. Vamos manter o...
Continuar lendo...

Fisioterapeuta explica sobre casos que devem procurar o Centro de Triagem

O Centro de Triagem para Sintomáticos Respiratórios começou a funcionar nesta segunda-feira (23) no Pavilhão da Fenarreco, em Brusque. Conforme informações apuradas pela Rádio Cidade no local, a demanda de brusquenses atendidos nesta terça-feira (24), será menor. Sendo ontem atendidas 166 pessoas e hoje com perspectiva de 140 atendimentos. Carmem Pedrini, fisioterapeuta e parte da equipe de coordenação do centro,...
Continuar lendo...