Família de Delfim perde ação contra Federação Catarinense de Futebol

Os herdeiros do ex-presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim de Pádua Peixoto Filho, morto no desastre aéreo em 2016 com a delegação da Chapecoense, vão ter que pagar um milhão de reais de honorários advocatícios. Isso porque eles entraram na justiça para caracterizar vínculo empregatício, exigindo R$20 milhões da FCF, e perderam a ação.

Delfim foi eleito presidente da Federação em 1986. Foi contratado para exercer também a função de superintendente, com remuneração mensal de R$35 mil.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Dois acidentes de moto movimentam socorristas

Dois acidentes de trânsito envolvendo motociclistas movimentaram as equipes de socorro no final da tarde desta quinta-feira (30), em Brusque. Um deles aconteceu no bairro Santa Terezinha, na rua Dorval Luz, e o outro no Centro, na Avenida Getúlio Vargas. Por volta das 17h54, o Corpo de Bombeiros foi até o bairro Santa Terezinha para atender a colisão entre carro e uma moto. No local, a equipe encontrou um homem de 50 anos de idade, que conduzia uma moto Honda CG150...
Continuar lendo...

Capotamento na Gentil Batisti Archer deixa cinco feridos

No começo da manhã deste sábado (28), por volta das 05h40, o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a um capotamento de carro na Rodovia Gentil Batisti Archer, na Claraíba, divisa entre Brusque e Nova Trento. No local, foi constatado o acidente envolvendo um Ford/ Focus, com placas de Brusque, que tinha cinco passageiros. Todos estavam já fora do veículo,. Foram acionados a ASU-430, de Brusque, a ASU-306, de Guabiruba,  ASU...
Continuar lendo...

Transporte coletivo de Brusque estará suspenso a partir desta segunda-feira

A partir da próxima segunda-feira (20), os transportes coletivos municipais e intermunicipais de Brusque estarão suspensos. A medida foi uma das anunciadas nesta sexta-feira (17) pelo governador Carlos Moisés, devido a cidades como Brusque e Guabiruba se enquadrarem em uma das sete regiões do estado classificadas em situação gravíssima. O diretor do coletivo de Santa Luzia, Arthur Klann, ressaltou ter sido pego de surpresa pelas novas...
Continuar lendo...