Árvore antiga não resiste ao temporal e tomba

Entre os reflexos do forte temporal registrado ao final da noite de ontem, sexta-feira (10) em Brusque, é possível ser visto na rua Primeiro de Maio. Uma antiga árvore localizada ao lado da vala, proximidades do Beneficente, e de uma praça para todas as idades, não resistiu aos fortes ventos e tombou.

Ao longo da Primeiro de Maio a manhã deste sábado (11) foi marcado por dezenas de famílias realizando limpeza e retirada de lama das calçadas e parte de algumas residências que foram invadidas pelas águas da chuva.

Na tarde deste sábado, às 14h a prefeitura de Brusque irá realizar uma coletiva com a imprensa para atualizar as informações relativas aos estragos ocasionados pelo temporal de ontem à noite na cidade.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Criminalização da prática de furar a fila da vacinação segue para análise do Senado

A prática de furar a fila da vacinação contra o novo coronavírus pode se tornar crime. A Câmara dos Deputados aprovou na quinta-feira (11) proposta que tipifica os crimes de infração do plano de imunização; peculato de vacinas, bens medicinais ou terapêuticos; e corrupção em plano de imunização, com penas que variam de 6 meses a 13 anos. A matéria agora será analisada no Senado. De...
Continuar lendo...

Aberto agendamento de vacina Covid-19 para idosos com 65 anos ou mais

A Secretaria de Saúde de Brusque abriu agendamento para a vacinação de pessoas com 65 anos ou mais. A imunização ocorrerá na terça e quarta-feira (6 e 7), no Centro de Vacinação da Vila Schlosser, em formato drive thru, entre 18h e 22h. O agendamento deve ser feito no site https://agendamentos.smsbrusque.sc.gov.br. Pessoas que possuem dificuldade com o agendamento on line podem procurar sua Unidade Básica de Saúde...
Continuar lendo...

Justiça condena Folha de São Paulo a indenizar Hang em R$ 100 mil

O Poder Judiciário de Santa Catarina condenou, nesta quinta-feira (3), o Jornal Folha de São Paulo e a jornalista Patrícia Campos Mello a pagarem uma indenização de R$ 100 mil ao empresário Luciano Hang. A decisão se deu pela publicação de reportagem que acusou o empresário brusquense de ter financiado disparos em massa no WhatsApp, com o objetivo de influenciar ilegalmente na corrida eleitoral de 2018.   Em nota...
Continuar lendo...