Vigilância interdita imóvel utilizado como depósito de material reciclável

O Departamento de Vigilância Sanitária, em ação conjunta com o Coordenadoria de Combate a Endemias da Secretaria de Saúde de Brusque, interditou um imóvel localizado no bairro Águas Claras que atuava como depósito de materiais recicláveis. O local já vinha sendo monitorado pelas equipes de fiscalização há mais de um ano e o responsável notificado, sem sucesso, sobre medidas preventivas a serem tomadas, principalmente em relação ao acumulo de entulhos, que poderiam serem propícios a criadouros de mosquito Aedes Aegypti, que transmite a Dengue, Febre Chikungunya e o Zika Vírus. Águas Claras está no raio de ação preventiva da prefeitura, por se tratar de uma área com incidência de criadouros de larvas do mosquito.

Para que o local volte a funcionar o proprietário do imóvel deverá atender as exigências sanitárias necessárias como providenciar a cobertura da área utilizada como depósito, realizar o controle de pragas, instalar sistema de fossa e filtro, entre outras medidas. Outros setores da prefeitura como Fundema, Ibplan e também, Corpo de Bombeiros, foram comunicados da interdição. 

Denúncias de locais com acúmulos de sucatas ao céu aberto podem ser denunciados para a Vigilância Sanitária pelo telefone da ouvidoria da prefeitura – 156, ou ainda pelo portal www.brusque.g-visa.com.br.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões