Diretor de turismo garante a realização da Fenarreco 2020

O diretor de Turismo, Sidnei Dematé, em entrevista à Rádio Cidade falou das atividades de sua secretaria, o assunto em destaque foi a realização da Fenarreco. Este ano a 34ª edição gerou polemica quando se fala em resultado financeiro. Em balanço divulgado após o evento foi anunciado um prejuízo de R$ 355 mil.

Dematé salientou que apesar do número negativo, a festa teve outros pontos positivos. “A Fenarreco foi bem organizada, bem estruturada, tivemos problemas na cobrança ou não de ingresso na sua totalidade resultando em um saldo negativo. Mas todo o processo com todas as secretarias engajadas se deu de forma positiva, sendo uma festa familiar, com bons números sobre a presença de público e outros números que não conseguimos mensurar que é a rede hoteleira, o turismo na cidade, participação em compras”, frisou ele.

Para 2020 a regra é planejamento. Dematé explica que a parte burocrática já está sendo feita. “Temos praticamente todos os termos de referência editados, até março ou abril estaremos com todas as licitações e chamamentos publicados para que não aconteça esse percalço de nos últimos dias da festa estarmos com licitações em aberto”, destacou o diretor.

Questionado sobre a continuidade Sidnei é claro. “Podemos com certeza garantir a continuidade da festa. Temos dois ou três modelos a serem apresentados, mas tudo passa por uma questão administrativa, a parte pública nós não podemos deixar de fazer, mesmo que não esteja 100 por cento concluído se ela vai ser privada, se vai ter concessão, ou o próprio pavilhão. Ano que vem é ano eleitoral, não se faz mais concessão e convênios, então isso ficaria para 2021 ou 2022”, explicou Dematé.  

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões