Fundema acionará tinturaria no Rio Branco

Uma tinturaria situada no bairro Rio Branco será acionada na Justiça pela Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema), após um fiscal do órgão público ser barrado em sua portaria, durante diligências. O servidor, mesmo deixando claro ter poder de polícia para acessar a indústria, foi impedido de entrar para fazer os levantamentos necessários.

O profissional da Fundema Brusque estava apurando denúncias de descarte irregular de efluentes em ribeirões durante a noite da última quarta-feira (1º). “Ao receber os vídeos de poluição no curso fluvial, acionei o fiscal, que se dirigiu nas duas empresas possíveis para este tipo de descarte. Na primeira verificou-se que não havia descarte e na segunda ele foi barrado na portaria.

Devido a isto, iremos acionar esta empresa e seus representantes por desacato e por prejudicar uma investigação”, frisa o superintendente da fundação, Cristiano Olinger.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões