Barragem de Botuverá estará no foco da ACIBR

A construção da barragem de Botuverá deverá ser o foco da atuação da Associação Empresarial de Brusque (ACIBR) em 2020. Palavras da presidente da entidade, Rita de Cássia Conti, que acredita ser possível o início da obra ainda este ano.

O motivo para tanta expectativa positiva vem da promessa feita pelo próprio governador do estado, Carlos Moisés. No final de 2019. Ele se reuniu com uma comitiva de empresários e outras lideranças da região em Florianópolis, ocasião em que anunciou a liberação de R$ 40 milhões do cofre estadual. Será a contrapartida para que o governo federal libere o restante da verba, totalizando mais de R$ 100 milhões no investimento.

“O governo federal vai entrar com uma grande fatia, em torno de R$ 160 milhões. Então, 25% desse valor para a conclusão a obra em quatro anos, que é a previsão, o governo do estado liberou, o que dá em torno de R$ 40 milhões”, pontua a empresária.

Essa não é a única bandeira levantada pela ACIBR na região. Paralelo, seguem as cobranças pela conclusão da duplicação da Rodovia Antonio Heil (SC 486), entre Brusque e Itajaí. Rita é otimista, também, em relação ao término desta.

“Tivemos um grande avanço. Se você olhar em termos de estado, tem várias obras paradas e a nossa (da rodovia) faz dois anos que está em andamento. Claro que com altos e baixos, muita discussão. Uma de nossas empresa associadas (Irmãos Fischer) assumiu parte do trecho”, lembra ela.

Em 2019, ACIBR pode comemorar outro feito, também, encabeçado pela entidade. O início dos trabalhos da segunda subestação da Celesc na cidade.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões