"Area Azul" não terá cobrança até o dia 23 de janeiro

Apenas dia 06 de janeiro  os monitores da “Área Azul” estarão nas ruas para um trabalho de orientação com os usuários do estacionamento rotativo de Brusque. Devido as alterações que foram realizadas em seu funcionamento, o trabalho de cobrança ficou suspenso até a publicação do novo decreto que regulamenta a “Área Azul”. A previsão é de que as atividades de controle do estacionamento rotativo retornem no dia 23 de janeiro.

No período em que estiveram afastados das ruas, os monitores passaram por treinamento interno na CDL Brusque e também receberam orientações do Tenente-coronel Otávio Manoel Ferreira Filho, comandante do 18º Batalhão da Polícia Militar (PM) de Brusque, sobre como lidar em situações de conflito.

Neste trabalho de orientação, os monitores atenderão a população explicando sobre o funcionamento do estacionamento rotativo. Uma das facilidades é a opção de usar o aplicativo digital, disponível para download no Google Play e Apple Store, e que também pode ser acessado pelo site https://brusque.s2way.com/.

Para quem preferir continuar usando a “Área Azul” sem o aplicativo, a equipe de trabalho também estará à disposição para fazer o cadastro no sistema e recarga de tickets/crédito.

Outra novidade é no valor da regularização. Para quem não fizer a compra on-line, não adquirir tickets/créditos com antecedência, ou não comprar o ticket avulso pela vaga, o valor da regularização pelo uso do estacionamento irregular será de R$ 2, se pago até as 12h do segundo dia útil e R$ 5, se pago das 12h01 do segundo dia útil ao sétimo dia útil. Após esse prazo, a infração será encaminhada à Setram, que irá gerar a multa.

Com as alterações, os veículos estacionados nas vagas destinadas ao estacionamento rotativo municipal terão 15 minutos de tolerância para uso do espaço. Após este período, passará a valer a cobrança de R$ 1 por hora e o veículo poderá permanecer na mesma vaga por até 2 horas. O objetivo é promover a rotatividade, já que a quantidade de vagas disponíveis no Centro de Brusque não é suficiente para atender toda a frota que circula no município.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões