Keka indefere requerimento que pedia a convocação de extraordinária para eleição da mesa diretora

Na manhã desta sexta-feira, 20 de dezembro, o presidente em exercício da Câmara Municipal de Brusque, Gerson Luís Morelli, o Keka (PSB), emitiu despacho indeferindo um requerimento assinado por vereadores do grupo de situação para que fosse convocada para este sábado, 21, sessão extraordinária com vistas à eleição da nova mesa diretora do Poder Legislativo. Na quinta-feira, 19, a convocação da reunião chegou a ser divulgada em documento assinado pelo 2º secretário Cleiton Luiz Bittelbrunn (PATRI) e o também vereador Alessandro Simas (PSD).

Primeiro, Morelli destaca o não cumprimento do trâmite regimental de “publicização e devido encaminhamento [do requerimento] na primeira sessão ordinária posterior ao seu protocolo”. Quanto à justificativa de urgência citada no pedido, o despacho do presidente versa que “inexiste matéria a ser apreciada - isto é, projeto de lei ou proposição equivalente” e que não há “previsão regimental de convocação extraordinária para a realização das eleições”, bem como “não subsistem motivos mínimos para sua realização”.

O despacho ainda ressalta que o prazo para a realização de novas eleições para os cargos da mesa diretora está em curso. A contagem foi recém iniciada, quando Keka assumiu a presidência na última sessão ordinária, dia 17, após a renúncia do então presidente José Zancanaro (PSB) e do vice-presidente Ivan Martins (PSD).

Com o início do recesso parlamentar, regimentalmente, esse prazo é interrompido, sendo retomado em 1° de fevereiro do próximo ano, “não havendo qualquer mora ou ilegalidade a justificar a medida emergencial”, conforme reitera Morelli.

A respeito do outro item solicitado para a reunião extraordinária, quanto a necessidade de constituição de uma Comissão Representativa, a presidência registra que em toda a história do Legislativo brusquense nunca houve sua formação. Contudo, “a fim de não se fazer letra morta de dispositivo regimental”, o presidente determinou a imediata composição desta comissão, com a indicação de membros pelas lideranças partidárias antes do início do recesso parlamentar, que começa na próxima segunda-feira (23).

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões