Câmara Municipal devolve R$ 1,6 milhão à Prefeitura

Em 2019, a Câmara Municipal de Brusque tinha direito a R$ 10,4 milhões (R$ 10.441.000,00) do Orçamento municipal para manter suas atividades administrativas, remunerar servidores, vereadores, prestadores de serviços, entre outros. Nesse período, usou R$ 6,5 milhões (R$ 6.505.557,08), ou seja, 62,31% do valor disponível.

Durante o ano, foram dispensados R$ 2,2 milhões (R$ 2.241.000,00) em transferências do Poder Executivo. Além disso, dos repasses mensais efetuados, restavam na conta da Câmara R$ 1,6 milhão (R$ 1.694.442,92), devolvido pelo vereador José Zancanaro (PSB) - que exerceu a presidência do Poder Legislativo de 1º de janeiro a 17 de dezembro deste ano, ao prefeito em exercício, José Ari Vequi (MDB), nesta quarta-feira, 18 de dezembro, na Prefeitura.                 Acompanharam o ato o vereador Cleiton Luiz Bittelbrunn (PATRI) - segundo secretário na mesa diretora da casa legislativa, e o prefeito Jonas Oscar Paegle (PSB), atualmente em férias.

Como o retorno desse dinheiro aos cofres públicos municipais é efetivado via transferência bancária, os parlamentares entregaram um cheque simbólico aos representantes do Executivo.

 A quantia total que a Câmara deixou de utilizar do Orçamento de 2019 é de R$ 3,9 milhões (R$ 3.935.442,92).

Anos anteriores

Em 2017, a Câmara devolveu à Prefeitura R$ 1,1 milhão (R$ 1.106.672,89). Em 2018, R$ 1,2 milhão (R$ 1.254.081,07).

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões