Prefeitura prevê arrecadação de R$ 553 milhões para 2020

A Prefeitura de Brusque prevê um orçamento de R$ R$ 553.045.435,06 milhões para o ano de 2020. O projeto de lei 68/2019, que estima receita e fixa despesa do município para o próximo ano, foi aprovado pela Câmara de Vereadores na noite desta terça-feira (3).

As secretarias de Educação (R$ 127.601.893,60 milhões), Saúde (R$ 114.015.734,31 milhões) e Obras concentrarão o maior volume de recursos. A Câmara de Vereadores receberá R$ 11.082.000,00 milhões para o exercício 2020.

Confira, a seguir, a previsão orçamentária em detalhes:

CLIQUE AQUI

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Morador de Guabiruba morre vítima de afogamento em Balneário Camboriú

O corpo de um jovem de 24 anos que teria desaparecido na madrugada desta quarta-feira (1), foi encontrado boiando na praia de Balneário Camboriú. O corpo foi encontrado por um homem que caminhava na areia da praia. Segundo informações por volta da 01h30 desta madrugada a vítima estava acompanhada de um amigo. Após ter ingerido bebida alcoólica os dois resolveram entrar na água na região da praia central, onde o jovem de 24 anos desapareceu. O amigo conseguiu sair da água e entrou...
Continuar lendo...

Empresa argentina se instala em Brusque

O município de Brusque foi escolhido e recebeu uma empresa multinacional da Argentina. Trata-se da Hasar Brasil que é de Buenos Aires. A inauguração aconteceu na terça-feira (03). A Hasar atua no mercado a 50 anos no ramo de Tecnologia da Informação. A expectativa é de gerar cerca de 60 empregos. Ela está localizada na Vila Schlösser. O empresário Luciano Hang, proprietário da Havan é cliente da Hasar e...
Continuar lendo...

Prazo de livre troca para saque-aniversário acaba dia 31

A livre possibilidade de o trabalhador trocar de modalidades de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) acabará no fim do ano. Até 31 de dezembro, será possível trocar livremente entre o saque-aniversário, retirada anual de parte do saldo no aniversário do trabalhador, e o saque-rescisão, pago somente em demissão sem justa causa. A partir de 1º de janeiro, o trabalhador continua podendo aderir ao...
Continuar lendo...