Prefeitura deixará de receber R$ 2 milhões do ITBI

A Prefeitura de Brusque deixou de arrecadar cerca de R$ 2 milhões este ano por conta do problema entre o Cartório de Registro de Imóveis e o setor de construção civil. O valor se deve a recursos que não entraram no caixa do município pela não arrecadação do ITBI (Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis).

De acordo com o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Willian Molina, a situação obrigou o governo a fazer ajustes financeiros para equilibrar o orçamento.

Segundo ele, o governo fez estimativa de arrecadação e termina o ano com  déficit em relação ao ITIBI na casa de R$ 2 milhões.

“É uma bola de neve. Ela atinge primeiro construtor, depois as pessoas que trabalham na construção civil e por fim a arrecadação do município em relação ao ITBI, que é a principal taxa de arrecadação em referência aos imóveis”, frisa ele.

Apesar do valor que não entrou no caixa, Molina afirma que a Prefeitura vai terminar o ano com as contas em dia. O 13º salário do funcionalismo já tem os valores depositados em conta, sendo que a primeira parcela já foi paga. Da mesma forma, montantes relacionados a outros pagamentos que vencem em dezembro, com fornecedores, também, já tem o recurso assegurado na conta bancária.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões