Fórum Sindical elege novo coordenador

O ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Brusque (SINTIMMMEB), José Isaias Vechi, foi eleito novo coordenador do Fórum de Entidades Sindicais de Trabalhadores de Brusque e região. A escolha ocorreu durante a última reunião ordinária do órgão, realizada na manhã de sábado, 30, no Recanto Claraíba, em Nova Trento. A coordenação terá, ainda, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Brusque, Guabiruba e Botuverá (SINSEB), Orlando Soares Filho, como secretário, e o secretário-geral do Sindicato dos Mestres e Contramestres de Brusque (SINDMESTRE), Jean Carlo Dalmolin, como secretário-adjunto.

Esta será a segunda vez que Vequi ficará responsável pela coordenação do Fórum. Em 2011, quando da fundação do órgão, ele ocupou a função, sendo o primeiro a comandar o grupo de sindicatos. O retorno à função, apesar de não integrar mais o Sindicato dos Metalúrgicos, se dá pelo tempo disponível e por ainda integrar a diretoria da Federação dos Trabalhadores Metalúrgicos de Santa Catarina (FECTRAMESC), cujo mandato encerra no final de 2020.

“O que mais me motivou a aceitar o convite foi a confiança de todos os dirigentes sindicais que estavam aqui antes mesmo se o Jean (Dalmolin) colocar em votação já me pedindo para tomar a frente”, pontuou Vechi.

O novo coordenador disse que a atuação se dará na continuidade do que vem sendo implementado pelos dirigentes anteriores, com foco do órgão em questões não apenas sindicais, mas que afetam a sociedade como um todo, no aspecto social.

“O Fórum, vejo que sempre teve um viés social muito grande e é assim que temos que continuar, debatendo, falando, denunciando aquilo que está errado na nossa cidade”, frisa.

Outra frente de trabalho que deverá nortear a gestão de Vechi no comando do Fórum será a busca pela qualificação dos dirigentes sindicais para melhor atuar junto aos interesses dos trabalhadores. Trazer pessoas com conhecimento em temas ligados ao trabalhismo para melhor passar orientações sobre as atualizações de temas que afeta, diretamente o segmento.

“Às vezes, a informação chega tão rápido que não conseguimos absorver. Então, temos no Brasil órgão como o DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar), lá em Brasília, que possui gente especializada que pode vir aqui fazer isso”, prossegue.

Depois de dois mandatos como coordenador, cargo equivalente ao de presidente, mas sem remuneração, Jean Carlo Dalmolin destaca o sucesso de ações em conjunto realizadas pelo Fórum na oferta de benefícios a associados aos sindicatos.

Entre eles a criação de um processo de convênios na área de saúde único, em que médicos e prestadores de serviço non setor atendem sócios de todas as entidades sindicais em conjunto. Também a compra de produtos como material escolar em grande escala, a partir da unificação do processo a todas as entidades que oferecem o serviço aos associados.

“A ideia central que era manter os sindicatos unidos, trabalhando juntos, conseguimos fazer nesses dois anos”, aponta ele.

Com a eleição da nova coordenação, o Fórum encerra o calendário de encontros em 2019. O grupo, que é formado por 11 entidades sindicais laborais de Brusque, volta a se reunir em fevereiro de 2020.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões